Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

A ansiedade pode vir camuflada. Oito sinais de que sofre deste problema

É comum sentir-se ansioso em alguns momentos da vida. Mas quando a frequência é grande e afeta vários aspetos da sua vida, fala-se num distúrbio que merece atenção e tratamento.

A ansiedade pode vir camuflada. Oito sinais de que sofre deste problema
Notícias ao Minuto

22:00 - 20/09/18 por Mariana Botelho 

Lifestyle Distúrbio Mental

Da mesma forma que sentir-se triste momentaneamente não é o mesmo que sofrer uma depressão, sentir-se ansioso é bem diferente de sofrer de ansiedade. Neste segundo caso, o indivíduo fixa-se num pensamento que lhe ‘prende’ a memória e impede de agir naturalmente, levando a que outros casos – outrora não problemáticos – sejam vistos como o sendo, aumentando assim o problema inicial.

Porque o stress é um problema bastante atual no atual quotidiano, comummente banalizado, por vezes as próprias vítimas de ansiedade não se apercebem do problema que sofrem.

Quer se fale de casos mais moderados ou graves, onde se apontam episódios de pânico, há oito pontos que podem ajudar a identificar o problema.

1. A ansiedade está sempre presente. Se está a passar por um momento de mais tensão no trabalho, ou mesmo a nível pessoal, é normal que se sinta ansioso algumas vezes. Mas se este comportamento persiste, sem motivo aparente, poderá ser vítima de um distúrbio que lhe afeta o dia a dia, nomeadamente a forma como o encara e perceciona. Comparar-se com pessoas próximas de si também pode ser um indicador do problema: por exemplo, numa situação em que os seus familiares agem com apenas alguma ansiedade mas para si o problema parece muito mais dramático, deverá analisar estas diferentes perceções.

2. A ansiedade surge juntamente com outros problemas. A ansiedade pode surgir sob a forma de sintomas físicos como dor muscular ou fadiga, por exemplo. O problema também pode afetar o seu organismo e evoluir para problemas intestinais

3. Não se consegue focar. É um aspeto bastante comum. Tanto, que psicólogos por vezes confundem os problemas num primeiro diagnóstico. Contudo, é pelos constantes pensamentos negativos e preocupações que o indivíduo tem como consequência o não se conseguir focar numa tarefa.

4. Preocupa-se com o preocupar-se. A questão é redundante e não leva a outro lado que não… a preocupação. Quem sofre de ansiedade tente a focar-se em aspetos que não pode controlar como o futuro ou a suposição de situações hipotéticas. Como não pode controlá-las, o individuo fica ainda mais ansioso.

5. Fica demasiado inseguro sobre tomar a decisão errada. Tudo parece um problema maior do que é, para quem sofre de ansiedade que acaba por se perder entre as intermináveis situações que imagina relativamente a uma ou outra decisão a tomar.

6. ‘Evitar’ torna-se a atitude mais tomada. Importantes ou não, todas as situações são evitadas, ou pelo mesmo há esta vontade para tal, esta é uma forma de se evitar o confronto bem como a necessidade de tomar decisões.

7. Não consegue desligar o despertador. Por estar embrenhado nos pensamentos que o anseiam, não consegue dormir. As insónias são também uma consequência deste problema mental que leva a que tenha grandes dificuldades em acordar de manhã-

8. Vê sempre o copo ‘meio vazio’. A negatividade é pois grande tendência para quem sofre de ansiedade que antecede qualquer situação com o pior cenário possível.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório