Meteorologia

  • 24 JUNHO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Catarina Furtado apela a fãs que não ignorem efeitos da guerra na Síria

"A guerra não chegou à Síria ontem, têm sido 6 anos de terror. Não podemos ignorar", escreveu a apresentadora.

Catarina Furtado apela a fãs que não ignorem efeitos da guerra na Síria
Notícias ao Minuto

10:13 - 25/02/18 por Rita Alves Correia

Fama Redes Sociais

Catarina Furtado é do rostos portugueses com maior impacto na luta pelos direitos humanos, assumindo o papel de Embaixadora da Boa Vontade da ONU e Presidente da associação Corações com Coroa. Aproveitando a sua notoriedade em território luso, este sábado, a apresentadora da RTP recorreu às redes sociais para deixar um apelo a todos os seguidores, alertando para o massacre vivido na Síria.

"Apesar de ser injusto e difícil reduzir a vida e o sofrimento de cada pessoa a um post, sinto que não o fazer é também uma forma de indiferença. Mais de 400 pessoas morreram nos últimos 5 dias em Ghouta, 150 são crianças", começou por escrever. 

Catarina destacou alguns dos problemas porque que passam as comunidades, assim como a duração do conflito. "Não há água nem comida, os hospitais e maternidades estão destruídos. A guerra não chegou à Síria ontem, nem há uma semana, nem há 1 ano, têm sido 6 anos de terror. Não podemos ignorar", continuou. 

A apresentadora terminou a sua publicação com uma "chamada de emergência", deixando um apelo para que todos se mantenham informados e conscientes da realidade vivida nos países em guerra. 

"Se esta realidade não nos choca e não nos incomoda então de que matéria somos feitos? Esta é uma chamada de emergência. Comecemos por nos manter informados e atentos ao que se passa. É o mundo que está em guerra, não é a Síria", rematou. 

Apesar de ser injusto e difícil reduzir a vida e o sofrimento de cada pessoa a um post, sinto que não o fazer é também uma forma de indiferença. Mais de 400 pessoas morreram nos últimos 5 dias em Ghouta. 150 são crianças. Não há água nem comida, os hospitais e maternidades estão destruídos. A guerra não chegou à Síria ontem, nem há uma semana, nem há 1 ano, têm sido 6 anos de terror. Não podemos ignorar. Se esta realidade não nos choca e não nos incomoda então de que matéria somos feitos? Esta é uma chamada de emergência. Comecemos por nos manter informados e atentos ao que se passa. É o mundo que está em guerra, não é a Síria. #save_ghouta

Uma publicação partilhada por Catarina Furtado (@catarinafurtadooficial) a 24 de Fev, 2018 às 1:53 PST

De recordar que, recentemente, Catarina Furtado foi uma das entrevistadas do Vozes Ao Minuto, onde falou sobre o seu percurso de intervenção em causas humanitárias e na luta pelos direitos humanos. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.