Regulador brasileiro aprova redução nas tarifas da EDP Bandeirante

A entidade reguladora do setor elétrico brasileiro (ANEEL) aprovou o reajustamento tarifário anual da EDP Bandeirante que prevê uma redução média de 23,53% das tarifas entre 23 de outubro de 2016 e 22 de outubro de 2017.

© DR
Economia CMVM

Num comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP - que controla a elétrica brasileira - explica que o reajustamento tarifário é definido de acordo com a variação de custos que as empresas tiveram no decorrer de doze meses anteriores.

PUB

A fórmula de cálculo inclui custos controláveis, sobre os quais incide a inflação, bem como custos não controláveis, como energia adquirida a produtores, encargos setoriais e encargos de transporte, além de outros ajustes financeiros.

Segundo a informação disponível no site da empresa, a EDP Bandeirante fornece eletricidade a 28 municípios do estado de São Paulo, tendo abastecido cerca de 1,8 milhões de clientes e distribuído 14.622 gigawatts/hora de energia elétrica em 2015.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS