Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 29º

Wall Street fecha mista com o S&P 500 em máximos históricos pelo 4.º dia

Wall Street fechou hoje em terreno misto, com o índice S&P 500 a subir 0,23%, para 5.433 unidades, no quarto dia consecutivo de recordes, impulsionado pela redução das pressões inflacionistas nos Estados Unidos.

Wall Street fecha mista com o S&P 500 em máximos históricos pelo 4.º dia
Notícias ao Minuto

23:11 - 13/06/24 por Lusa

Economia Bolsas

O Dow Jones, o principal indicador, caiu 0,17%, para 38.647 pontos, e o tecnológico Nasdaq subiu 0,34%, para 17.667.

O avanço do S&P 500, que fechou na quarta-feira em 5.421, foi impulsionado pelos últimos dados da Reserva Federal (FED) e do índice de preços ao consumidor (CPI), que mostram sinais de arrefecimento da inflação e parecem ter encorajado os investidores.

A Reserva Federal anunciou na quarta-feira a sua decisão de manter as taxas de juro no seu intervalo atual de 5,25 a 5,5 %, mas prevendo apenas um eventual corte nas taxas em 2024, ao contrário dos três que tinha antecipado em março.

Além disso, o índice de preços no consumidor (IPC) dos EUA caiu um décimo de ponto percentual em maio, em relação a abril, para 3,3%.

Em termos de setores, as perdas foram dominadas pelas comunicações (-0,98%) e pela energia (-0,89%), com a tecnologia (1,36%) e o imobiliário (0,49%) entre os principais ganhos.

Entre as 30 principais ações do Dow Jones, o JPMorgan Chase (1,11%) e a Home Depot (1,09%) foram as que tiveram melhor desempenho, enquanto a Salesforce (-2,87%) e a Amazon (-1,6%) foram as que tiveram pior comportamento.

Fora desta seleção, a empresa tecnológica de semicondutores Broadcom está a aproveitar nos últimos dias o "boom" da Inteligência Artificial e dos seus derivados, e hoje as suas ações subiram cerca de 12,3%.

A cadeia norte-americana de videojogos GameStop, conhecida em Wall Street pela volatilidade das suas ações, fechou a sessão com um ganho de 14,4% nos ativos, num dia em que a sua assembleia virtual de acionistas foi interrompida por um problema informático provocado pela elevada procura dos utilizadores.

O crescimento da Tesla foi mais tímido, terminando com uma subida de 2,92%, no dia da sua assembleia de acionistas e em que o seu CEO, Elon Musk, antecipou que o controverso pacote de compensações financeiras a seu favor no valor de cerca de 50.000 milhões de dólares (46.568 milhões de euros) será aprovado.

Noutros mercados, o petróleo bruto do Texas recuperou para 78,62 dólares por barril, o rendimento das obrigações do Tesouro a 10 anos desceu para 4,248%, o ouro caiu para 2.319 dólares por onça e o dólar desvalorizou face ao euro para 1,0739 dólares.

Leia Também: EUA consideram sem credibilidade acusações contra jornalista detido na Rússia

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório