Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Perspetivas para bancos europeus continuam desafiantes em 2021

A agência de 'rating' canadiana DBRS considerou hoje que as perspetivas para os bancos europeus continuam a ser desafiantes em 2021, defendendo que a pressão sobre as receitas que os bancos enfrentaram em 2020 se vai manter em 2021.

Perspetivas para bancos europeus continuam desafiantes em 2021
Notícias ao Minuto

11:50 - 14/01/21 por Lusa

Economia DBRS

Num relatório hoje divulgado, a agência canadiana refere que, "dado o difícil ambiente para as receitas e os baixos retornos, a redução dos custos operacionais continua a ser uma prioridade clara, e a pressão para melhorar os retornos é suscetível de levar a uma maior consolidação interna em alguns países".

A DBRS defende que, apesar da pandemia da covid-19 ter criado "uma perturbação económica significativa" em toda a Europa, o crédito malparado (Non-Performing Loans, NPLs) "ainda não mostrou um aumento material graças a moratórias, esquemas de financiamento estatal e garantias".

Contudo, a DBRS alerta que "é evidente que os créditos malparados irão aumentar quando o apoio governamental terminar" e que a trajetória dos NPL vai continuar a depender da duração das restrições económicas, do impacto económico global, bem como de quaisquer medidas de apoio adicionais.

"Entretanto, as posições de financiamento dos bancos europeus têm permanecido estáveis e vários bancos relataram um aumento material dos depósitos de clientes", refere a agência, adiantando que prevê que esta tendência se mantenha.

A agência refere que os níveis globais de capital também se mantiveram sólidos apesar dos ganhos mais fracos, em parte devido a proibições de distribuição de dividendos e a um relaxamento dos requisitos regulamentares, adiantando que espera que uma deterioração da qualidade dos ativos provoque um aumento dos ativos ponderados pelo risco em 2021 e uma menor geração interna de capital.

Para este relatório, a DBRS recolheu uma amostra de 40 bancos europeus, que foram classificados por país com base no local onde o banco está domiciliado, em França, Alemanha, Itália, Holanda, Espanha, Portugal, Finlândia, Irlanda, Bélgica (zona Euro), bem como o Reino Unido, Suécia, Noruega e Dinamarca. A Grécia também está incluída devido ao elevado nível de crédito malparado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório