Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 20º MÁX 31º

Edição

Bolsa de Lisboa sobe pela 2.ª sessão consecutiva alinhada com Europa

A bolsa de Lisboa subiu hoje, pela segunda sessão consecutiva, com uma progressão de 1,91% para 3.955,62 pontos no índice PSI20, em linha com os ganhos na Europa.

Bolsa de Lisboa sobe pela 2.ª sessão consecutiva alinhada com Europa
Notícias ao Minuto

17:27 - 25/03/20 por Lusa

Economia Mercado

Das 18 cotadas que integram o índice PSI20, 13 subiram e cinco desceram. A REN liderou as subidas ao avançar 6,05% para 2,19 euros.

Nas principais subidas, fecharam a Altri (5,90% para 3,66 euros), a EDP (4,70% para 3,61 euros), a Navigator (2,84% para 2,17 euros) e a Corticeira Amorim (2,48% para 7,86 euros).

Destaque ainda para os ganhos da Galp, que somou 2,43% para 9,62 euros, da EDP Renováveis, que avançou 1,99% para 9,75 euros, e do BCP, que subiu 1,30% para 0,11 euros.

As ações dos CTT subiram 2,22% para 1,98 euros, tendo sido comunicado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que o Norges Bank reduziu a sua participação, direta e indireta, nos Correios de 4,16% para 3,95%.

Em sentido contrário, cinco cotadas terminaram com desvalorizações: a Jerónimo Martins (3,27% para 15,65 euros), a Novabase (2,80% para 2,78 euros), a Pharol (2% para 0,07 euros), a Ibersol (1% para 4,95 euros) e a Sonae SGPS (0,67% para 0,59 euros).

As principais bolsas europeias encerraram em alta, a recuperar das perdas recentes causadas pelos receios associados à crise do novo coronavírus e impulsionadas pelas medidas de apoio à economia anunciadas em vários países.

Paris subiu 4,47%, Londres 4,45%, Madrid 3,35%, Frankfurt 1,79% e Milão 1,74%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório