Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 22º

Edição

Transportes públicos em Lisboa fizeram cerca de 477 milhões de viagens

Os utilizadores dos transportes públicos coletivos da área metropolitana de Lisboa realizaram entre abril e dezembro de 2019 cerca de 477 milhões de viagens, o que representa um aumento superior a 18% face a 2018, foi hoje divulgado.

Transportes públicos em Lisboa fizeram cerca de 477 milhões de viagens
Notícias ao Minuto

20:41 - 20/01/20 por Lusa

Economia AML

Segundo uma nota divulgada pela Área Metropolitana de Lisboa (AML), do número total de viagens realizadas entre abril e dezembro, mais de 398 milhões foram com utilização de passes.

Este período em análise, com base em validações do sistema de bilhética, coincide com a criação do passe Navegante Municipal e Metropolitano, que estão disponíveis desde abril de 2019.

De acordo com a AML, observou-se entre abril e dezembro um aumento de 32% do número de passageiros a utilizar os transportes públicos com maior regularidade (com passe) e um decréscimo de 23,5% na venda de títulos ocasionais, comparativamente ao período homólogo de 2018.

"Os resultados apurados confirmam, de uma forma inequívoca, que as novas soluções de deslocação criadas pelos passes Navegante favoreceram uma mobilidade mais sustentável com um impacto económico e social muito significativo nas famílias", sublinha a nota.

Durante o período em análise, o transporte rodoviário foi o mais utilizado (228 milhões), seguindo-se o metro (141 milhões), o comboio (94 milhões) e o transporte fluvial (14 milhões).

"Comparando com os valores relativos ao mesmo período de 2018, todos os modos registam um aumento significativo de passageiros, com especial destaque para o modo ferroviário, que teve um acréscimo de cerca de 32%", aponta.

Os novos passes Navegante representam 94% dos passes vendidos na área metropolitana de Lisboa, correspondendo 59% dessas vendas ao passe Navegante Metropolitano, seguido do Navegante Municipal com 17% e do +65 com 14%.

O passe Navegante Família, que entrou em vigor em agosto de 2019, representa já 4% das vendas do sistema, abrangendo um total de 7.692 agregados familiares e 29.124 pessoas.

Desde 1 de abril de 2019 que os utentes passaram a ter dois modelos de passes na AML, um dos quais é o Navegante Metropolitano, que permite a utilização "em todos os modos de transporte, todas as empresas de transportes em toda a Área Metropolitana de Lisboa" e que custa no máximo 40 euros mensais.

Foram também criados 18 passes Navegante Municipal - um para cada um dos 18 concelhos que integram a AML - que, por 30 euros, permitem ao utente utilizar todos os transportes públicos de um concelho, ficando com a denominação da área geográfica a que diz respeito, como Navegante Lisboa, Navegante Sintra ou Navegante Vila Franca.

Existe ainda o Navegante Família - cujo preço máximo equivale a dois passes, ou seja 80 euros, e serve várias pessoas do mesmo agregado familiar. Este título começou a ser vendido no final de julho para ser usado em agosto.

Outras modalidades disponíveis são o Navegante 12, gratuito para crianças até aos 12 anos, e o Navegante +65, destinado a maiores de 65 anos, reformados e pensionistas (20 euros).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório