Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Bolsas europeias em alta animadas com acordos entre Washington e Pequim

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, exceto Londres, animadas com a possibilidade de se alcançar um acordo para o 'Brexit' e em matéria comercial entre os Estados Unidos e a China.

Bolsas europeias em alta animadas com acordos entre Washington e Pequim
Notícias ao Minuto

09:30 - 11/10/19 por Lusa

Economia Bolsas europeias

Cerca das 09:00 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,57% para 384,94 pontos.

As bolsas de Paris e Frankfurt subiam 0,40% e 0,91%, bem como as de Madrid e Milão que avançavam 0,22% e 0,21%, respetivamente.

Londres era a exceção, já que recuava 0,24%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:00, o principal índice, o PSI20, valorizava-se 0,19% para 4.954,01 pontos.

Os investidores estão animados com o início da ronda de negociações comerciais entre Washington e Pequim, e especialmente depois de o Presidente dos EUA, Donald Trump, ter 'twittado' que hoje se vai reunir com o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, na Casa Branca.

As negociações com a China "estão a correr muito, muito bem, Basicamente estão a acabar", indicou Trump.

A nova ronda de negociações que se iniciou na quinta-feira, ocorre dias antes da nova subida de tarifas, prevista para 15 de outubro, de 25% a 30%, sobre importações chinesas no valor de 250.000 milhões de dólares.

À melhoria das expectativas sobre as relações comerciais entre os dois países junta-se a esperança de que haja um acordo para o 'Brexit' antes de 31 de outubro.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o homólogo irlandês, Leo Varadkar, mostraram-se otimistas acerca da possibilidade de acordar os termos da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) nas próximas semanas, provocando uma subida de quase 2% da libra face ao dólar, para 1,2460 dólares, ainda que hoje na abertura estivesse a cair ligeiramente, para 1,2459 dólares.

Hoje já se soube que a taxa de inflação na Alemanha foi de 1,2% em setembro.

Os investidores também vão estar atentos ao preço do petróleo, que está acima dos 61 dólares, na sequência da explosão de um petroleiro iraniano.

Na quinta-feira, o Dow Jones terminou a subir 0,57% para 26.496,67 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 27.359,16 pontos, registado em 15 de julho.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 0,60% para 7.950,78 pontos, contra o atual máximo, de 8.330,21 pontos, registado em 26 de julho.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1011 dólares, contra 1,1016 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 60,78 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 61,91 dólares na quinta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório