Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
24º
MIN 22º MÁX 27º

Edição

Centeno no FMI é "bastante provável". E quem fica com as Finanças?

Com a possível saída de Centeno para o FMI, Costa terá se encontrar um substituto que fique ao leme das Finanças do país. Marques Mendes adianta que Elisa Ferreira é um dos nomes em cima da mesa.

Centeno no FMI é "bastante provável". E quem fica com as Finanças?

O comentador Luís Marques Mendes disse, no domingo à noite, que considera "bastante provável" que o ministro das Finanças, Mário Centeno, vá para a liderança do Fundo Monetário Internacional (FMI) ainda este ano, antes das eleições legislativas, tal como foi sendo noticiado durante a semana passada. 

"Por aquilo que apurei ontem e hoje, acho que é bastante provável que Mário Centeno vá mesmo dirigir o FMI. Não é certo ainda, mas há um grau de probabilidade elevado de Mário Centeno ir mesmo para o FMI já em setembro, outubro", disse o comentador, na antena da SIC Notícias

A possibilidade de Centeno ingressar no FMI começou por ser avançada, na semana passada, por meios de comunicação internacionais, como Wall Street Journal ou o Politico.

A única certeza, garante o comentador, é que quer vá para o FMI, quer não vá, Centeno será candidato a deputado ao lado de António Costa, pelo Partido Socialista (PS). 

"Mesmo que vá [para o FMI], ele vai ser ainda candidato a deputado. As listas do PS são aprovadas terça ou quarta-feira, Mário Centeno vai ser candidato a deputado, não cabeça de lista, mas vai integrar uma lista do PS", adiantou Marques Mendes. 

Se isto pode ser um problema para Costa? Marques Mendes acredita que pode ser uma "dor de cabeça" para António Costa, uma vez que Centeno "é um grande trunfo eleitoral" e porque terá de escolher um outro ministro das Finanças para o substituir: "As soluções não abundam para esse efeito", rematou.  

Quem substitui Centeno nas Finanças?

De acordo com o comentador, "não há grandes hipóteses", mas entre as alternativas em cima da mesa, há um nome que se destaca, o de Elisa Ferreira. 

"Vieira da Silva, podia ser uma hipótese, mas ja disse que vai sair; Mourinho Félix, convém levar a sério, é competente, mas um secretário de Estado que sobe a ministro é sempre visto como solução de recurso; resta uma solução vinda de fora que é Elisa Ferreira, atual vice-governadora do Banco de Portugal", declarou o ex-dirigente social-democrata.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório