Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

CTP congratula-se com acordo que põe fim à crise dos combustíveis

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) congratulou-se hoje com o acordo assinado entre ANTRAM e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas que vai permitir retomar a regularidade do abastecimento de combustíveis.

CTP congratula-se com acordo que põe fim à crise dos combustíveis

"Este acordo é uma excelente notícia para o país e para o turismo nacional. Com a resolução desta greve, processo em que o Governo teve um papel essencial, terminam os constrangimentos que ameaçavam seriamente a atividade turística num período do ano em que existe uma forte procura turística", disse o presidente da CTP, Francisco Calheiros, citado em comunicado.

E prosseguiu: "A CTP não pode deixar de saudar o entendimento conseguido pelas partes envolvidas nesta crise", ou seja, entre a Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), salientou o responsável.

Em conferência de imprensa, hoje às 08:00, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, destacou a garantia de "paz social" acordada entre os motoristas de matérias perigosas e referiu uma "normalização gradual" do abastecimento de combustíveis no país, apontando que a primeira reunião negocial decorrerá no dia 29.

No acordo assinado, a ANTRAM e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas comprometem-se a concluir até dia 31 de dezembro um processo de negociação coletiva.

Este processo, de acordo com o documento distribuído aos jornalistas hoje em conferência de imprensa, em Lisboa, visa "promover e dignificar a atividade de motorista de materiais perigosos" e será acompanhado pelo Governo.

A negociação coletiva deverá assentar nos seguintes princípios de valorização: individualização da atividade no âmbito da tabela salarial, subsídio de risco, formação especial, seguros de vida específicos e exames médicos específicos.

A greve nacional dos motoristas de matérias perigosas teve início às 00:00 de segunda-feira e foi convocada pelo SNMMP.

O Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas estima que o abastecimento de combustível a nível nacional fique normalizado dentro de dois dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório