Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Turismo em Angola rendeu 30,3 milhões com 260 mil visitantes

As receitas do turismo em Angola renderam ao Estado 10.000 milhões de kwanzas (30,3 milhões de euros) em 2017, tendo metade desse valor sido atingido já no primeiro semestre deste ano, indicou hoje fonte oficial angolana.

Turismo em Angola rendeu 30,3 milhões com 260 mil visitantes
Notícias ao Minuto

20:39 - 15/09/18 por Lusa

Economia Estado

Segundo o diretor do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas (GEPE) do Ministério da Hotelaria e Turismo de Angola, Mário dos Santos, citado hoje no Jornal de Angola, o setor do Turismo em Angola representa 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

As receitas de 2017, porém, representaram um decréscimo de 2.000 milhões de kwanzas (seis milhões de euros) em relação a 2016, quando o setor gerou 12 mil milhões de kwanzas (36,3 milhões de euros), facto que o diretor do GEPE atribuiu à "precária situação económica" que o país atravessa.

Em 2017, sublinhou, entraram em Angola 260.961 turistas, menos que os 397.485 registados em 2016, redução que obrigou o Ministério da Hotelaria e Turismo a estabelecer uma agenda com outros parceiros para impedir que o número de entradas continue a retroceder.

O Ministério da Hotelaria e Turismo admitiu que só haverá entrada de turistas no país se se tornarem "verdadeiramente operacionais" as infraestruturas hoteleiras, estradas, transportes, segurança, saneamento, energia e águas, uma vez que só assim, disse, se "fortalecerá a indústria e a economia do turismo".

As províncias de Luanda, Benguela, Huíla, Huambo e Cabinda são as que mais turistas receberam, enquanto os principais emissores de turistas para Angola foram a África do Sul, Namíbia e a República Democrática do Congo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório