Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Vila Flor investe um milhão de euros na requalificação do coração da vila

O município de Vila Flor anunciou hoje que vai avançar com a requalificação urbana do "coração da vila" onde será criado de um espaço dedicado às artes, orçado em mais de um milhão de euros.

Vila Flor investe um milhão de euros na requalificação do coração da vila
Notícias ao Minuto

11:11 - 15/08/18 por Lusa

Economia Investimento

A patrona do futuro espaço artístico será a pintora Graça Morais, nascida naquele concelho, na localidade de Vieiro.

"Este será o ponto de partida para a requalificação dos equipamentos ligados às artes situados no coração da vila, com incidência na Praça da República, que não sofrem alterações urbanísticas de fundo há cerca de 80 anos", disse à Lusa o presidente da Câmara de Vila Flor, Fernando Barros.

O edifício do Encontro das Artes será requalificado com base "num projeto arrojado" em que a fachada original do imóvel vai manter-se, e em paralelo a Praça da República será infraestrutura e modernizada.

"Pretendemos dinamizar a Praça da República, onde se situa o edifício do Encontro das Artes e todo o comércio instalado nesta zona. Vamos, assim, permitir que a Praça [da República] seja um lugar de encontro e dinâmico no coração de Vila Flor", explicou o autarca socialista.

O Encontro das Artes vai ser adaptado e passará a dispor de várias salas destinadas à pintura, cinema, música, literatura e escrita.

"No caso do Edifício das Artes, o projeto prevê duas fases, mas para já ficamos pela primeira", disse o autarca, do distrito de Bragança.

Fernando Barros salientou que Vila Flor é um concelho de origem de artistas plásticos, escritores e cineastas consagrados em Portugal e no estrangeiro e este será o ponto de encontro de diversas formas artística.

"Esta intervenção é virada para a cultura e ao mesmo tempo para a economia do concelho", vincou

Na base desta requalificação, estão fundos provenientes do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), do Programa Norte 2020. As intervenções vão custar 1,1 milhões de euros e têm uma comparticipação de 400 mil euros provenientes da EDP.

"O projeto já obteve o visto prévio do Tribunal de Contas", avançou o autarca de Vila Flor, no distrito de Bragança.

O auto de consignação das obras vai ser assinado no próximo mês de setembro.

A "breve prazo" entrará em fase de estudo a requalificação do Mercado Municipal de Vila Flor.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório