Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 19º

Edição

Processos de licenciamento de casas em Lisboa cresceram 60% em 2017

O concelho de Lisboa registou mais de 3.300 fogos habitacionais em processo de licenciamento durante 2017, representando um crescimento de 60% face às 2.084 casas que entraram em carteira durante 2016, segundo dados da Confidencial Imobiliário, hoje divulgados.

Processos de licenciamento de casas em Lisboa cresceram 60% em 2017
Notícias ao Minuto

12:58 - 22/05/18 por Lusa

Economia Índice

No âmbito do sistema de Pipeline Imobiliário, realizado pela Confidencial Imobiliário, "em 2017 entraram em processo de licenciamento no concelho de Lisboa um total de 3.333 fogos", onde estão incluídos 412 projetos residenciais, o que evidencia um crescimento de 27% destes projetos comparativamente a 2016.

"Os dez maiores projetos residenciais que foram submetidos a licenciamento em 2017 em Lisboa concentram, no total, 758 fogos, estando localizados em oito freguesias", nomeadamente Arroios, Belém, Marvila, Misericórdia, Olivais, Santo António, Santa Clara e São Vicente, indicou a empresa imobiliária, destacando ainda a existência de "uma dispersão dos projetos entre as zonas mais centrais de Lisboa e as mais periféricas".

Neste sentido, as freguesias de Arroios, Belém, Marvila, Misericórdia, Olivais, Santa Clara e São Vicente acolhem, cada uma, apenas um destes dez novos edifícios residenciais no concelho de Lisboa, de acordo com os dados do sistema de Pipeline Imobiliário, indicando que o maior projeto residencial em processo de licenciamento durante 2017, com 13.000 metros quadrados, localiza-se na freguesia dos Olivais.

"Apenas a freguesia de Santo António possui mais do que um destes edifícios, sendo destino de três destes dez projetos de grande dimensão, incluindo o segundo maior do concelho, com mais de 10.000 metros quadrados", avançou a Confidencial Imobiliário.

Em termos de características dos dez maiores projetos residenciais registados em 2017 no concelho de Lisboa, a maioria corresponde a construção nova (70% do número de edifícios), predominando a oferta de fogos de tipologia T2 e T1, "pesando cada tipologia um terço do 'stock' de fogos distribuídos por estes dez projetos".

Os dados do sistema de Pipeline Imobiliário são apurados pela Confidencial Imobiliário no âmbito da análise e tratamento dos pré-certificados energéticos emitidos pela ADENE - Agência para a Energia, os quais têm de, obrigatoriamente, integrar os processos de licenciamento municipal de obras. Assim, estes dados não consideram pequenas obras de reabilitação para as quais se dispensa a emissão de pré-certificados energéticos.

A Confidencial Imobiliário é uma empresa independente, especializada na produção e difusão de indicadores de análise do mercado imobiliário, detendo índices e bases de dados sobre investimento e sobre os mercados de compra e venda e de arrendamento de fogos, com detalhe à freguesia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório