Buffon envia recado a quem o deu como "morto"

Guarda-redes de 38 anos garante que ainda não pensa em pendurar as chuteiras.

© Getty Images
Desporto Golden Foot

Gianluigi Buffon superou Cristiano Ronaldo e foi condecorado com o Golden Foot 2016, prémio que distingue o melhor jogador do mundo com mais de 29 anos.

PUB

Falando à imprensa espanhola, o guarda-redes de 38 anos admitiu que “os prémios nunca são demais”: “Dependendo do momento em que chegam, são um reconhecimento do trabalho e tens de agradecer”.

Quanto ao futuro, o internacional italiano diz que reforma é coisa que não pensa, tendo ainda aproveitado para enviar um ‘recado’ aos seus críticos’.

“Chegará o momento de retirar-me e irei aceitá-lo com serenidade. Para seguir em frente, preciso de estímulos e de uma certa crítica. É agradável quando te dão como morto e pouco depois o desmentem. Vivo para isto, para pôr no sítio quem fala de forma imprudente”, rematou.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS