Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 27º

Ex-Arsenal antevê FC Porto: "O Dragão era maravilhoso, gigantesco"

Denilson, antigo médio dos gunners, deu uma entrevista ao jornal O Jogo.

Ex-Arsenal antevê FC Porto: "O Dragão era maravilhoso, gigantesco"
Notícias ao Minuto

07:55 - 21/02/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Denílson

Em dia de reencontro entre dois velhos conhecidos da Liga dos Campeões, o FC Porto recebe o Arsenal no Estádio do Dragão, a partir das 20 horas. A última vez que os dragões jogaram contra os gunners foi há 14 anos, em 2010. Os ingleses prevaleceram nos oitavos-de-final da competição e passaram em frente.

Um dos jogadores da formação de Arsene Wenger era o brasileiro Denilson, médio criativo que já se retirou, desde 2021. "Hoje não acompanho muito nem o FC Porto nem o Arsenal, mas fico nostálgico, bate a saudade, gosto dessa época. Quando defrontei o FC Porto, era uma equipa muito forte, sobretudo na frente, com Hulk e Falcao. Lembro-me também do Varela, do James no meio-campo... Mas nós fomos mais fortes e conseguimos superá-los", começou por lembrar em entrevista ao jornal O Jogo. 

Denilson perdeu nas duas vezes que visitou o Estádio do Dragão, mas guarda boas memórias do recinto. "O estádio era maravilhoso, gigantesco, realmente lindo! Para correr era difícil, era muito espaçoso. Gostei muito de ter jogado nesse estádio e de ter defrontado o FC Porto", disse o brasileiro de 36 anos. 

Denilson destacou ainda um dos jogadores dos dragões, que se destaca pela longevidade. "Olho para o FC Porto e sei que está aí o Pepe, com 40 anos, jogando a alto nível. Isso é de uma admiração brutal, exalta o seu profissionalismo", na opinião de Denilson. O jogo começa às 20 horas desta quarta-feira.

Leia Também: "Vamos defrontar uma grande equipa, com história na Champions"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório