Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2022
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 27º

Benfica entra a voar na Liga e o Arouca a chorar com esta 'conta da Luz'

Gilberto, Rafa, por duas ocasiões, e Enzo Fernández foram os autores dos golos.

Benfica entra a voar na Liga e o Arouca a chorar com esta 'conta da Luz'

O 'quadro elétrico estourou’. O Benfica entrou na I Liga com os volts que nos vem habituando nas últimas semanas e, por consequência, derrotou o Arouca, esta sexta-feira, por 4-0, num Estádio da Luz que delirou com a primeira parte dos encarnados.

Uma etapa inicial em que as águias construíram o triunfo com golos de Gilberto, Rafa e Enzo Fernández, sendo que o internacional português, com um bis, aplicou a estocada final na recta final da partida.

Roger Schmidt repetiu a fórmula de sucesso da pré-época, e que já tinha dado tão bons frutos diante do Midtjylland, para a Liga dos Campeões, e manteve o ‘onze intocável’ para a jornada inaugural do campeonato.

E bastaram oito minutos para a Luz ver o ‘quadro elétrico explodir’ à boleia do improvável Gilberto, que atirou de cabeça para o fundo da baliza, na marca de penálti, após um belo cruzamento de Grimaldo. Uma primeira parte em que o Benfica nunca pediu ‘licença para rematar’, com David Neres e Enzo Fernández a representar trabalhos reforçados para Arruabarrena. O Arouca, apesar do maior domínio encarnado, foi espreitando o cofre de Vlachodimos e, por duas ocasiões, Rafa Mújica colocou em sobressalto o guardião grego.

A etapa inicial que fica ainda pautada pela entrada de Chiquinho para o lugar de João Mário, por força da lesão contraída pelo internacional português num lance com Arsénio. Porém, a história dos primeiros 45 minutos, e do encontro, ficou selada nos instantes finais, com três turbilhões de alegria na Catedral. Aos 40 minutos, Gonçalo Ramos tentou um chapéu de cabeça, mas, caprichosamente, a bola bateu na trave e sobrou para um incansável Rafa Silva, que só precisou de encostar em cima da linha de golo. 

Quatro minutos volvidos, o mesmo Rafa foi travado por Mateus Quaresma à entrada da área arouquense. Manuel Mota começou por decretar amarelo, mas, alertado por Vasco Santos, o juiz da partida inverteu a decisão e exibiu o vermelho. A avalanche encarnada não tinha fim à vista, e já nos descontos, Enzo Fernández, de primeira, e sem a bola tocar no relvado, fuzilou para o terceiro das águias. E a partir daqui tudo se transformou numa mera formalidade.

Uma segunda parte em que os volts das águia diminuíram, mesmo assim continuou a voar à procura do quarto golo. Já com Bah e Weigl em ação, os adeptos encarnados ainda suspiraram nas bancadas com as oportunidades de Chiquinho e Grimaldo, mas faltou sempre um ‘pedacinho’ para que a bonança chegasse.

Na parte final do encontro, com as entradas de Yaremchuk e Henrique Araújo para os lugares de David Neres e Gonçalo Ramos, Schmidt mudou o esquema tático e apostou num 4-4-2, sendo que o ucraniano ainda foi a tempo de colocar sobre tensão o guardião uruguaio do Arouca. Porém, aos 87 minutos, as placas tectónicas da capital portuguesa agitaram-se mesmo, com o reforço Bah a cruzar da zona destra e Rafa, sem marcação na área, a rematar sem dó nem piadade para o fundo da muralha rival.

Momento do jogo: A expulsão de Mateus Quaresma foi a estocada final nas aspirações de um Arouca que já perdia por 0-2 e viu-se nos instantes finais da 1.ª parte reduzido a dez jogadores. 

Onze do Benfica: Vlachodimos; Grimaldo, Morato, Otamendi e Gilberto; Enzo Fernández, Florentino e João Mário; David Neres, Rafa e Gonçalo Ramos.

Onze do Arouca: De Arruabarrena; Tiago Esgaio, João Basso, Opoku, Quaresma; Moses, Busquets; Antony, Alan Ruiz, Arsénio; Mujica.

Suplentes do Benfica: Helton, Bah, Vertonghen, António Silva, Weigl, Chiquinho, Yaremchuk, Musa e Henrique Araújo.

Suplentes do Arouca: Zubas, Sylla, Bukia, Bruno Marques, Milovanov, Soro, Kizza, Vitinho e Rafael Fernandes.

Antevisão: Benfica e Arouca dão, esta sexta-feira, o pontapé de saída, no Estádio da Luz, da I Liga 2022/23.

As águias que, depois de uma pré-época 100% vitoriosa, triunfaram diante do Midtjylland, por 4-1, para a primeira mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, na passada terça-feira.

Do outro lado da barricada encontra-se um Arouca que, no decorrer da pré-época, conheceu os três resultados possíveis, sendo que o derradeiro encontro opôs o conjunto aveirense ao emblema francês do Paris 13 Atl (e que os pupilos de Armando Evangelista venceram por 2-1).

Leia Também: André Almeida de fora da lista de convocados do Benfica

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório