Meteorologia

  • 29 SETEMBRO 2020
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 29º

Edição

Danny Rose relata caso de racismo: "Perguntam-me se o carro é roubado"

Jogador do Tottenham adianta que quase diariamente a polícia manda-o parar quando está ao volante do seu carro.

Danny Rose relata caso de racismo: "Perguntam-me se o carro é roubado"

Danny Rose, jogador do Tottenham que esta temporada foi cedido ao Newcastle, revelou numa entrevista que tem sofrido regularmente episódios de âmbito racista e deu como exemplo o facto de quase diariamente a polícia o mandar parar quando está ao volante do seu carro, sublinhando que está cansado deste tipo de situações.

O defesa inglês já antes tinha revelado que foi alvo de racismo quando jogou pela seleção de Inglaterra no Montenegro, em março de 2019, e noutras situações que aconteceram aquando pela passagem da equipa sub-21 inglesa.

Em entrevista ao podcast The Second Capittains, Danny Rose criticou a postura das autoridades do futebol em situações de racismo,  e deixou críticas também à polícia por mandá-lo parar muitas vezes o carro por ser negro.

"Mas não é só futebol. Fui parado pela polícia na semana passada, o que é uma ocorrência regular, quando eu vinha de casa da minha mãe. (…) A polícia apareceu com três carros e questionou-me. Disseram-me que tinham uma queixa de um carro que não estava a ser bem conduzido. Eu pensei: ‘E porquê o meu carro?’ Mostrei a minha identificação e eles fizeram-me o teste de alcoolémia. Quinze anos disto dentro e fora do campo e não há mudanças", atirou o defesa do Tottenham.

"De cada vez é: ‘Este carro foi roubado? Onde arranjaste este carro? O que estás aqui a fazer? Podes provar que compraste este carro?’. Isso acontece desde os meus 18 anos, desde que eu comecei a conduzir. Todas vezes que isso acontece, eu apenas me rio porque sei o que está por vir e é exatamente assim", acrescentou.

Rose relatou ainda que uma situação semelhante se passou recentemente aquando de uma viagem de comboio: "Uma das últimas vezes que andei de comboio, entrei com as malas e a funcionária disse: ‘Sabe que isto é a primeira classe?’ Eu disse: ‘Sim, e então?’ Eles pediram para ver o meu bilhete. (…) Duas pessoas brancas entraram a seguir a mim e eu perguntei: ‘Vai pedir para ver os bilhetes deles?’ e ela: ‘Não, não é preciso.’".

"As pessoas podem pensar que esse tipo de coisas acontece, mas para mim isso é racismo. Esse é o tipo de coisa que eu tenho que suportar. Essa é a vida quotidiana para mim. Desisto de esperar que as coisas mudem porque essa é a mentalidade de algumas pessoas em relação ao racismo", concluiu ainda Danny Rose.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório