Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2020
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

"Jesé nunca mais será o futebolista que tirou a titularidade a Bale"

Avançado espanhol vive momento de menor fulgor em Alvalade e o Desporto ao Minuto foi tentar perceber os motivos por trás da falta de confiança do ex-Real Madrid, que chegou ao Sporting esta época, emprestado pelo PSG.

"Jesé nunca mais será o futebolista que tirou a titularidade a Bale"

Jesé Rodríguez despontou na equipa principal do Real Madrid na temporada 2013/14. Então com 19 anos, o avançado mereceu a confiança de Carlo Ancelotti e realizou 31 jogos oficiais com a camisola blanca. Uma aposta que teve continuidade nas duas épocas seguintes. Primeiro, novamente com o treinador italiano e, depois, já com Rafa Benítez no comando técnico do conjunto merengue.

Apesar da tenra idade, o atleta espanhol já mostrava uma maturidade fora do comum dentro das quatro linhas e não tardou em ser apontado como uma das grandes promessas da 'cantera' do Real Madrid. Foi, por isso, com alguma surpresa que o clube o vendeu ao Paris Saint-Germain no verão de 2016, a troco de 25 milhões de euros.

Na capital francesa, porém, Jesé mostrou dificuldades de adaptação, realizando apenas 14 jogos oficiais na sua época de estreia na capital francesa. O avançado acabou por nem terminar a temporada no PSG, seguindo emprestado para o Las Palmas. Seguiram-se cedências a Stoke City, Real Betis e Sporting, onde chegou no último verão.

Jesé aterrou em Alvalade sob algumas expectativas, mas a verdade é que, sensivelmente seis meses após o início da temporada, está longe de ser uma aposta regular dos treinadores que já orientaram os leões em 2019/20, um cenário que não se alterou com Jorge Silas, que aparenta considerá-lo prescindível na constituição da equipa.

Um jogador que perdeu o brilho

De forma a tentar perceber o que está a correr mal na adaptação de Jesé ao Sporting, o Desporto ao Minuto esteve à conversa com o jornalista espanhol Gonzalo Castro, do diário As, que nos elucidou a respeito das qualidades do avançado espanhol e apontou diversos motivos para o declínio da sua carreira, que aparentava ter um enorme potencial.

"O Jesé é um jogador muito irregular. É capaz de render em dois jogos, deixar os adeptos loucos e, depois, estar dois meses sem jogar bem. Nos clubes em que jogou nas últimas temporadas, chegou para ser uma das estrelas da equipa, os adeptos esperavam sempre muito dele, e ele sempre saiu pela porta pequena. O que é uma pena, pois chegou a ser uma das grandes esperanças do Real Madrid", explicou-nos Gonzalo Castro.

"O Jesé tirou a titularidade a Gareth Bale no seu primeiro ano no Real Madrid. Fez vários jogos a um nível muito alto e o seu treinador, Ancelotti, apostou nele. No entanto, uma lesão afastou-o dos relvados e nunca mais voltou a ser o mesmo. No PSG também não teve minutos e, quando foi emprestado, não se voltou a destacar. Essa lesão colocou um travão naquele que aspirava ser um dos jogadores mais importantes do futebol espanhol. É uma pena", prosseguiu o jornalista, antes de apontar motivos extra-futebol para o recente insucesso de Jesé.

"A sua vida fora do futebol também o prejudicou. Meteu-se no mundo da música e isso trouxe-lhe mais problemas do que alegrias", opinou.

Esperança no horizonte

Apesar das críticas, Gonzalo Castro ainda acredita que Jesé pode "voltar a ser feliz" enquanto futebolista, mesmo que nunca chegue a atingir o nível que se perspetivou na sua juventude.

"Há uma coisa que está clara: o Jesé nunca mais voltará a ser esse futebolista que sentou Bale no banco de suplentes do Real Madrid. Ele precisa de encontrar uma equipa que confie nele, adeptos que o respeitem e um treinador que consiga recuperar a essência desse futebolista que brilhou na melhor equipa do mundo. Nunca voltará a ser esse Jesé jovem, mas ainda está a tempo de voltar a ser feliz a jogar futebol", analisou Gonzalo Castro, que nos explicou também em que posição do terreno deve atuar Jesé para mostrar todo o seu potencial.

"A sua melhor posição, para mim, é a de extremo. Foi aí onde demonstrou o seu grande potencial. É um jogador rápido, com habilidade para o drible e com chegada à baliza", afirmou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório