Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

FC Porto vence Real Betis em jogo morno no Algarve

Partida ficou apenas resolvida no desempate por grandes penalidades.

FC Porto vence Real Betis em jogo morno no Algarve

O FC Porto venceu, esta sexta-feira, o Real Betis (1-1) no desempate por grandes penalidades, em jogo referente às meias-finais do torneio particular Copa Ibérica. Os dragões garantem assim um lugar na final da competição que acontece no domingo, cujo adversário será o vencedor do duelo entre Portimonense e Getafe, agendado para amanhã. 

Para esta partida, Sérgio Conceição apostou num onze com muitas novidades. Os jovens Tomás Esteves, Diogo Leite, Romário Baró e Fábio Silva mereceram uma oportunidade como titulares, ao passo que do lado do Real Betis destaque para as presenças de Sidnei (ex-Benfica), Tello (ex-FC Porto) e o internacional português William Carvalho. 

Primeiro tempo animado 

Primeira parte ainda com ritmo de pré-temporada, mas com as duas equipas a quererem mostrar serviço ao nível ofensivo. O FC Porto até parecia ter entrado melhor, mas aos 13 minutos foi o Betis quem chegou ao golo. Cristian Tello arrancou pelo corredor direto, Manafá não conseguiu parar o extremo espanhol que cruzou para a grande área do FC Porto onde apareceu Juanmi para encostar para o fundo da baliza.

O FC Porto chegou ao empate aos 30 minutos graças a um grande golo de Zé Luís. O avançado cabo-verdiano aproveitou o espaço concedido por Marc Bartra para assinar um belo tento para ver e rever. O guardião do Betis, Robles, nem se mexeu.

Passados três minutos foi Shoya Nakajima quem quis tentar a sorte de longa distância. O internacional japonês surgiu embalado e disparou uma bomba que apenas foi travada pelo poste direito de Robles.

Até final da primeira parte, nota de destaque para uma defesa complicada de Vaná e outra para o guardião do Betis.

Substituições baixaram ritmo de jogo 

Ao intervalo, Sérgio Conceição promoveu uma revolução no onze portista. Saíram Vaná, Tomás Esteves, Pepe, Diogo Leite, Manafá, Sérgio Oliveira, Romário, Zé Luís, Nakajima e Fábio Silva, e entraram Diogo Costa, Saravia, Osorio, Marcano, Telles, Bruno Costa, Otávio, Tecatito, Luis Díaz e Soares.

As inúmeras substituições operadas pelas duas equipas acabaram por fazer cair o ritmo de jogo face ao que se verificou nos primeiros 45 minutos. Ainda assim, o FC Porto apareceu melhor, muito por culpa de Tiquinho Soares. O avançado brasileiro mostrou-se sempre muito ativo em campo e arrancou uma defesa espetacular a Robles.

O empate manteve-se conforme o relógio ia andando e o jogo acabou por ficar partido e marcado por vários erros das duas equipas. Perante o empate ao fim dos 90 minutos, o vencedor teve de ser encontrado através do desempate por grandes penalidades. Diogo Costa esteve em destaque ao defender a grande penalidade cobrada por Marc Bartra, ao passo que Danilo acabou com as dúvidas. 

O FC Porto soma assim a quinta vitória nesta pré-temporada, depois dos triunfos diante do Águeda (6-0), Varzim (4-0), Penafiel (1-0) e Fulham (1-0). Na partida diante do Real Betis, destaque para o primeiro golos sofrido pelos dragões. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório