Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Livros editados sobre obras de Ana Hatherly, Miguel Torga e Cabrita Reis

A escritora Ana Hatherly, o poeta Miguel Torga e o artista plástico Cabrita Reis são tema central de três obras, baseadas em exposições recentes sobre a vida e o trabalho destes artistas, a serem editadas pela Documenta.

Livros editados sobre obras de Ana Hatherly, Miguel Torga e Cabrita Reis
Notícias ao Minuto

19:55 - 22/01/18 por Lusa

Cultura Documenta

'Ana Hatherly: Território Anagramático' foi o tema da exposição realizada na Fundação Carmona e Costa, com curadoria de João Silvério, que tomou a obra escrita pela autora sob o título 'Tisanas' como uma grelha estrutural, para dar a ver o seu trabalho artístico, e os cruzamentos, neste presente, entre o pensamento, a escrita, a performance e as preocupações da artista.

Da exposição, resultou este livro, editado em versão bilingue e com apresentação de Andreia Poças, Fernando Aguiar, João Silvério e Maria Filomena Molder.

'Magna Terra: Miguel Torga e outros lugares' é o título de outro livro, que herda o nome da exposição do fotógrafo Duarte Belo, patente até dia 31 de março no Espaço Miguel Torga, em São Martinho da Anta, Sabrosa.

Duarte Belo procurou fazer uma leitura do universo geográfico próximo do autor - São Martinho da Anta e territórios envolventes -, e capturar a intimidade do escritor.

"Torga foi um dos mais singulares intérpretes de um tempo que passou, de uma comunidade, quase um país inteiro, que tinha raízes e garras presas a uma antiguidade remota, de feição animal, faminta, de uma sobrevivência em luta tenaz contra a pobreza na mais absoluta falta de liberdade. Torga fala-nos deste passado, mas também da permanência, da dureza das matérias do quotidiano, da suavidade amarga da memória de homens e mulheres. Dignidade e resistência", escreve Duarte Belo.

'A voragem do mundo' é um livro que compila as entrevistas feitas por Sara António Matos e Pedro Faro a Cabrita Reis, por ocasião do programa de exposições do Atelier-Museu Júlio Pomar, que cruza a obra do pintor com a de com artistas convidados.

'Cabrita Reis: A voragem do mundo. Conversas com Sara Antónia Matos e Pedro Faro' insere-se na coleção Cadernos do Atelier-Museu Júlio Pomar e dá seguimento ao projeto de entrevistas que se iniciou com 'Júlio Pomar: O Artista fala...' (2014), continuou com 'Rui Chafes: Sob a pele' (2015) e teve seguimento com 'Julião Sarmento: O Artista como ele é' (2016).

A Documenta acaba de editar outros três livros, dois deles publicados também no âmbito de exposições: 'Pedro Valdez Cardoso: História da Vida Privada', que esteve patente na Galeria 111 até ao final do ano passado, e 'Kamal', um livro que parte da exposição 'Sob um sol de agulhas', realizada no Instituto Camões, com curadoria de Nuno Faria, em 2016.

'História da Vida Privada' é sobre o trabalho de Pedro Velez Cardoso, cuja arte percorre materiais vários, como plástico, alumínio, cerâmica ou esferovite, dando-lhes forma de objetos que de alguma forma refletem pensamentos intimistas, explica João Miguel Fernandes Jorge na sinopse da obra.

'Kamal' é um livro do artista Francisco Pinheiro, que parte de uma conversa com um "tio do Brasil", com que se reencontra, em torno de Trás-os-Montes, da guerra colonial em Angola e do Brasil, resultando em conversas que "dão a volta ao mundo, com indícios, evocações e apontamentos detalhados de luzes que se acenderam e apagaram na história da navegação portuguesa, no sentido mais lato que a ela se pode associar".

Em edição trilingue - português-inglês-árabe -, a Documenta publicou 'Animal's Nightmare', a propósito da residência artística de Joana Villaverde na Qatan Foundation, em Ramallah, na Palestina, em junho e julho de 2014.

Este texto é sobre "o que vi e vivi durante as minhas estadas na Palestina". "Experiência que fez transformar o trabalho, a forma como o devia apresentar, como o devia dar a ver, como o devia fazer. Este trabalho é sobre dignidade. Quis mostrar aquilo que vi, que senti, mostrar como a vida não se passa igual em todos os lugares. Este trabalho é sobre pessoas, é sobre a vida, é sobre a morte, é sobre como a vida e a morte estão tão perto", explica a autora.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório