Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 29º

Edição

Alter do Chão dá palco ao teatro em festival dirigido por Maria João Luís

Oito peças de teatro compõem este ano a segunda edição do festival Alter Cultur Fest, que abre no sábado e decorre em quatro fins de semana, em Alter do Chão, no distrito de Portalegre, anunciaram hoje os promotores.

Alter do Chão dá palco ao teatro em festival dirigido por Maria João Luís
Notícias ao Minuto

12:30 - 24/05/19 por Lusa

Cultura Palco

Realizado pelo município, o festival, que tem como diretora artística a atriz Maria João Luís, começa no sábado e continua nos dias 1, 8, 15, 21, 22 e 23 de junho.

"Eu procurei levar para este festival coisas bastante diversas, uma mostra alargada de várias formas, de várias maneiras de se fazer e ver teatro, basicamente foi esta a minha ideia", explicou a atriz Maria João Luís, em declarações à agência Lusa.

A atriz, que se manifestou "muito satisfeita" com o resultado final do elenco artístico que compõe este festival, sublinhou ainda que o Alter Cultur Fest vai contar com alguns momentos de leituras encenadas.

"É uma coisa que resulta muito bem [leituras encenadas], foi das primeiras coisas que eu fiz quando fui com o Teatro da Terra para Ponte de Sor e que resulta muito bem, pois as pessoas gostam daquela forma de ouvir os textos", sublinhou.

O Cineteatro Municipal de Alter do Chão, que vai entrar em obras de reabilitação num investimento de 630 mil euros, acolhe apenas a primeira peça deste festival, estando os restantes espetáculos anunciados para o castelo, Igreja do Convento de Santo António e Casa do Álamo.

No sábado, primeiro dia do festival, que na sua primeira edição foi inteiramente dedicado à música, sobe ao palco o Teatro de Marionetas do Porto, pelas 21h30, com a peça 'Nunca'.

No dia 1 de junho, também pelas 21h30, é a vez de subir ao palco no Castelo de Alter do Chão a peça 'Quando vai Carmen fazer Lady Macbeth?', do Teatro dos Alóes e Elsa Valentim.

Arantxa Joseph, André Duarte e Giacomo Scalisi trazem ao sótão da Casa do Álamo, pelas 15h30 do dia 8 de junho, a peça infantil 'Milho Por Peixe'.

Também no mesmo dia, mas pelas 21h30, o Castelo de Alter do Chão acolhe a peça '1936 - O ano da Morte de Ricardo Reis', pela Barraca Teatro, com encenação de Hélder Costa.

No dia 15 de junho, pelas 21h30, as portas do Castelo de Alter do Chão voltam a abrir-se para receber a peça 'Ilha Encantada', do Teatroesfera.

O festival prossegue a 21 de junho com a própria diretora artística do Alter Cultur Fest, Maria João Luís, que subirá ao palco pelas 21h30 para interpretar 'Ermelinda do Rio', uma produção do Teatro da Terra.

'Para ti, Sophia', pelo Trigo Limpo Teatro Acert, com encenação de Pompeu José, é a proposta agendada para o dia 22 de junho, pelas 21h30.

A segunda edição do Alter Cultur Fest encerrará no dia 23 de junho, pelas 15h00, na Igreja do Convento de Santo António, com a peça 'Paiaçu', da companhia Cassefaz, interpretada por João Grosso e Sílvia Filipe.

"No fundo, levamos teatro para a infância, juventude, mas, ao mesmo tempo, levamos um outro teatro 'sério', digamos assim, e também alguma comédia", sublinhou a atriz Maria João Luís.

Para além dos espetáculos agendados, estão anunciadas leituras encenadas na Casa do Álamo, nos dias 8 e 22 de junho, por Dinarte Branco e Leonor Salgueiro, e, no dia 15 de junho, pela atriz Teresa Coutinho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório