Abono de família atribuído a menos 582 crianças em abril face a março

O número de crianças e jovens que recebeu abono de família desceu ligeiramente em abril, tendo sido processados 1.070.529 apoios, menos 582 face ao mês anterior, segundo dados do Instituto da Segurança Social (ISS).

© Reuters
Economia ISS

Face ao mês homólogo de 2016, houve menos 51.842 menores a receberem esta prestação social em abril, adiantam dados publicados no 'site' da Segurança Social e sujeitos a atualizações.

PUB

Na Síntese de Informação Estatística da Segurança Social, o Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) refere que, "de acordo com a série histórica, após os decréscimos do início do ano devido à entrega da prova de rendimentos, é esperado um crescimento nos meses procedentes".

"Apesar desse efeito ainda não estar inteiramente refletido nos últimos meses, como esta prestação tem por base a informação associada ao mês de referência (em vez do mês de processamento, como noutras prestações), o registo do número de titulares" está "sujeito a revisão, particularmente nestas fases de reduções temporárias devidas a atrasos na renovação da prova de rendimentos (ou escolar a apresentar em setembro)", explica o GEP.

Os dados indicam que Lisboa é o distrito do país com o maior número de abonos de família atribuídos (213.413), seguindo-se o do Porto (207.265) e Braga (95.498).

Relativamente às prestações de parentalidade, as estatísticas do ISS referem que foram processadas 40.901, traduzindo um crescimento de 25,2% face ao mês anterior e de 16,7% relativamente ao período homólogo.

Segundo o Gabinete de Estratégia e Planeamento, "este aumento deve-se a um processamento extraordinário que ocorreu no mês de abril, antecipando entradas, expectáveis no próximo mês, para este mês".

As mulheres estiveram, como habitualmente, em maioria, representando, em abril de 2017, 64,8% do total de beneficiários.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser