Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Simulador virtual permite apurar estratégias em cenários de risco

O Centro de Simulação e Realidade Virtual (CSRV), inaugurado hoje na Escola Nacional de Bombeiros, em Sintra, vai permitir o estudo de estratégias de socorro em cenários de alto risco, impossíveis de recriar em simulações físicas.

Simulador virtual permite apurar estratégias em cenários de risco

De acordo o presidente da Escola Nacional de Bombeiros, José Maria Ferreira, o novo CSRV, instalado num antigo ginásio, resultou de um investimento de 350 mil euros, um "esforço muito grande para os cofres da escola", mas que "dá muito prazer".

"Esta tecnologia que agora começámos a utilizar vai permitir a criação de cenários de alto risco, que só são possíveis virtualmente, para que aqueles que têm responsabilidades na definição de estratégias possam testar a forma como têm de proceder", esclareceu.

José Maria Ferreira explicou ainda que o novo centro de simulação vai também permitir "reduzir tempo e custos" envolvidos na formação dos bombeiros.

O responsável admitiu que o novo meio não permite ainda a recriação de grandes incêndios florestais, mas adiantou que a Escola Nacional de Bombeiros está envolvida num "projeto, com duração de dois anos, para adotar metodologias que permitam incluir esses cenários".

O presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, sublinhou a importância do novo equipamento e, como forma de apoio da autarquia, anunciou que vai isentar a Escola Nacional de Bombeiros do pagamento de taxas para licenciamento dos campos de treino.

Também o secretário de Estado da Administração Interna, João Almeida, considerou que o CSRV "dá uma nova perspetiva para o futuro" e permite "aproximar a formação dos seus destinatários e com mais qualidade".

"Estamos a aproveitar uma ferramenta tecnológica para criar uma plataforma de formação de sucesso", sustentou.

No Centro de Simulação e Realidade Virtual existem diversas cabines, onde formadores e formandos estudam estratégias de socorro, perante um cenário fictício.

O técnico de formação Paulo Rocha disse à Lusa que o novo simulador virtual é "uma mais-valia" na aprendizagem, porque, embora já fossem desenvolvidas estratégias, não era possível recriar cenários tão perigosos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório