Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 26º

Meta e Activision processadas por famílias das vítimas de Uvalde

A produtora de 'Call of Duty', a Activision, respondeu à situação e afirma que “há milhões de pessoas em todo o mundo que desfrutam de videojogos sem cometer atos horríveis”.

Meta e Activision processadas por famílias das vítimas de Uvalde
Notícias ao Minuto

08:58 - 27/05/24 por Miguel Patinha Dias

Tech EUA

As famílias das vítimas do massacre de Uvalde no Texas, EUA, decidiram processar a Meta e ainda a produtora responsável pelos jogos da série ‘Call of Duty’, a Activision - acusando as duas empresas de terem promovido o uso de armas a menores de idade.

O caso diz respeito ao massacre que teve lugar na Robb Elementary School em Uvalde, no dia 24 de maio de 2022, quando Salvador Ramos (de 18 anos) matou 21 pessoas. O processo acusa as duas empresas de terem exposto “conscientemente o Atirador à arma, condicioná-lo a vê-la como a solução para os seus problemas e treiná-lo na utilização”.

O processo adianta que Ramos jogava a ‘Call of Duty’ de forma “obsessiva, desenvolveu capacidades como atirador e obteve recompensas que ficaram disponíveis só depois de um investimento substancial de tempo”.

A Meta não reagiu a este processo, mas a Activision pronunciou-se sobre o caso. Em comunicado enviado ao site TechCrunch a empresa aproveita para oferecer “as mais profundas condolências às famílias e comunidades que continuam afetadas por este ato de violência sem sentido”, mas nota que “investigações científicas e académicas continuam a mostrar que não há ligações entre videojogos violência armada”.

Mas ainda, a Activision afirmou ao site The Verge que “há milhões de pessoas em todo o mundo que desfrutam de videojogos sem cometer atos horríveis”.

Leia Também: Xbox desvendou nome do próximo 'Call of Duty'

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório