Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Zoom deixou de aceitar novos utilizadores em determinados países

Na China só poderão criar reuniões os utilizadores pagantes ou autorizados pelas respetivas empresas.

Zoom deixou de aceitar novos utilizadores em determinados países

A empresa responsável pela app de videoconferência Zoom anunciou que deixará de aceitar novos utilizadores na China, permitindo acesso apenas a clientes de empresas ou a subscritores do serviço premium.

A nova política entrou em vigor a partir do dia 1 de maio, com o TechRadar a indicar que a medida deve-se à necessidade de cumprir com os regulamentos do mercado chinês. Assim, todos os utilizadores terão de pagar pela capacidade de iniciar reuniões ou ter um certificado autenticado pela respetiva empresa.

Além do crescimento meteórico na utilização devido à pandemia de Covid-19, a Zoom também deu que falar devido às vulnerabilidades de segurança. As críticas levaram a empresa a congelar novas funcionalidades e a focar-se em atualizações de segurança, resultando também na aquisição de uma empresa de encriptação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório