Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Huawei P40 Pro. Uma proposta mais confiante e de excelência

O design é um grande argumento deste modelo, já com grandes virtudes no que diz respeito à câmara e bateria.

A consistente história recente da Huawei no mercado de smartphones fez com que a empresa chinesa conquistasse múltiplos novos clientes, que viram nos dispositivos topos de gama da marca autênticas referências capazes de responder às maiores exigências de mercado.

O ‘abandono’ da Google fez com que a Huawei se visse com a necessidade de encontrar alternativas aos serviços da tecnológica de Mountain View, tendo sido introduzida na série Mate 30 a loja virtual App Gallery. A estreia dos serviços da Huawei foi, por falta de melhor expressão, algo ‘morna’ tendo em conta que a loja de aplicações estava ainda desfalcada com algumas aplicações.

O relacionamento da Huawei e da Google continua ‘congelado’, o que significa que a série P40 ainda não tem acesso aos serviços da gigante tecnológica norte-americana. Porém, encontramos no P40 Pro um dispositivo mais confiante, com argumentos reforçados e que o tornam um candidato ainda mais capaz para cativar as atenções dos aficionados por smartphones.

Desde logo pelo ecrã curvo, com um design que a Huawei chamou de ‘Overflow' que dá a sensação que o vidro transborda para os quatro lados do smartphone. É um efeito interessante e que tem um impacto imediato, chamando a atenção para o ecrã OLED de 6,58 polegadas com 1200 x 2640 de resolução e, pela primeira vez, 90Hz de ‘refresh rate’. Podíamos dizer que é uma oportunidade perdida da Huawei não ir até aos 120Hz mas, tratando-se de uma melhoria da experiência de utilização face aos antecessores, podemos ficar satisfeitos e não pedir demasiado.

Notícias ao Minuto© Notícias ao Minuto

No canto superior esquerdo encontramos a mara frontal com dois sensores de fotografia - um de 32MP e um Time of Flight 3D - que serve também para integrar os sensores de reconhecimento facial . Relativamente à experiência de fotografia, ficámos agradavelmente surpreendidos com a definição e o efeito de profundidade (‘bokeh’), assim como com as capacidades de edição que permitem retocar desde o contraste, até às sombras ou iluminação. No que diz respeito a vídeo, está presente a capacidade de se filmar a 4K e a 60fps.

Esta é uma excelência que também se encontra na câmara traseira, onde podemos encontrar um módulo com quatro sensores - uma lente angular Ultra Vision de 50MP, uma lente ultra angular de 40MP, uma lente periscópica de 12MP com zoom óptico 5x e ainda uma lente Time of Flight 3D. Tal como já tinha acontecido com o antecessor, o P30 Pro, o zoom volta a ser um grande destaque, estando desta vez capacitado para fotografias a longa distância com maior definição.

As fotografias tiradas em modo ultra angular também ficam com menos distorção, um bónus para quem gosta de captar imagens com este efeito ou maior afastamento. Além da Inteligência Artificial, que ativa modos automaticamente de acordo com o sujeito da fotografia, a Huawei também integrou o que chama de XD Fusion Engine, que tira múltiplas fotografias de uma só vez para, ao uni-las, obter melhores resultados. Estão presentes algumas capacidades novas como a possibilidade de remover pessoas indesejadas do fundo de fotografias assim como eliminar o reflexo de vidros na imagem.

Notícias ao Minuto© Notícias ao Minuto

O modo noturno continua a ser um ponto forte mas, em algumas ocasiões, notámos um pouco mais de ruído do que gostaríamos. Ainda assim, uma experiência fiel à tradição que a Huawei tem habituado.

O que nos leva diretamente à experiência com a bateria. O P40 Pro tem uma bateria com capacidade de 4,200mAh mas, mais impressionante é a velocidade de carregamento que com fios atinge os 40W e sem fios os 27W. Uma das preocupações relativas à melhoria de ecrã era a autonomia da bateria mas, felizmente, parece não haver motivo para isso dado que, com 60Hz ou 90Hz, a experiência foi semelhante. Ou seja, bateria mais que suficiente para um dia inteiro com utilização intensa.

É algo de impressionante se pensarmos que no interior temos um desempenho ao nível do melhor possa surgir em 2020. O processador é um Kirin 990 com 5G acompanhado com 8GB de RAM, o que significa que o P40 Pro conseguirá lidar com praticamente tudo o que lhe atire, inclusive água e poeira graças à certificação IP68, que lhe dará alguma paz de espírito pelas suas caminhadas mais aventureiras.

Notícias ao Minuto© Notícias ao Minuto

O que importa reter?

O Huawei P40 Pro está disponível nas lojas por 1,049 euros, um valor ao alcance apenas dos que tenham capacidade financeira para encarar esta compra ou dos maiores aficionados de smartphones. Num mercado tão competitivo como o mobile, pode pensar que comprar um topo de gama por esta valor sem serviços da Google pode ser estranho. Porém, se pensar que está a adquirir um dos melhores equipamentos do mercado e que esses mesmos serviços continuam acessíveis pelo ‘browser’, então é possível que reconsidere.

O P40 Pro continua a ter a mais recente versão do sistema operativo Android - através do EMUI 10 - pelo que a experiência em relação aos outros dispositivos da marca pouco se alterou e continua a ser de alto nível. A App Gallery ainda tem algumas ausências estranhas mas, no que diz respeito à experiência com o smartphone propriamente dito, o P40 Pro é indubitavelmente um dos melhores desta primeira metade do ano.

Pontos fortes

- Ecrã ‘Overflow’ com 90Hz de ‘refresh rate’;

- Experiência de câmara continua a ser de excelência;

- Bateria sem cedências com autonomia para mais de um dia.

Pontos fracos

- App Gallery continua com algumas ausências estranhas;

- Alguns modos de fotografia podem ser melhorados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório