Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Covid-19 fez 'disparar' tempo passado a olhar para ecrãs

Inquérito revela tendência em tempos de pandemia.

Covid-19 fez 'disparar' tempo passado a olhar para ecrãs

O surto de Covid-19 fez com que as empresas fossem obrigadas a fechar e enviassem para casa os colaboradores, aumentando consideravelmente o tempo livre. A juntar a isto estão as constantes partilhas de notícias e informação sobre a doença, o que fez com que hoje em dia estejamos a olhar ainda mais para os ecrãs de smartphones.

De acordo com o relatório Hammerkopf Consumer Snapshot Survey conduzido a 28 de março com 1,300 pessoas em cidades indianas como Nova Deli e Mumbai, o consumo de redes sociais disparou para mais de quatro horas por dia. De notar que, antes do início do período de quarentena, a navegação por redes sociais como o Facebook, o Twitter e o WhatsApp era cerca de duas horas e meia por dia.

“Os hábitos digitais estão a passar por uma mudança dramática com uma nova vaga seleção de apps de consumo que beneficiam de fortes efeitos de rede em comunicação, entretenimento, comida e fitness”, comentou um dos membros da Hammerkopf Consumer Snapshot Survey, Namagiri Anand, de acordo com o GadgetsNow.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório