Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Facebook abriu as portas da sua 'sala de guerra' para vigiar eleições

As eleições presidenciais do Brasil e as intercalares dos EUA estarão a ser monitorizadas pela tecnológica de Menlo Park.

Facebook abriu as portas da sua 'sala de guerra' para vigiar eleições
Notícias ao Minuto

15:13 - 18/10/18 por Miguel Patinha Dias 

Tech Segurança

Decidido a impedir que o Facebook volte a ser usado para influenciar eleições, Mark Zuckerberg criou uma equipa especial e equipou uma ‘sala de guerra’ para conseguir lidar com processos eleitorais durante este final de ano. Agora, o Facebook abriu as portas ao TechCrunch e mostra-lhe o está a fazer para proteger as eleições presidenciais do Brasil e intercalares dos EUA.

Como pode ver pela imagem acima, a sala está repleta de colaboradores do Facebook que monitorizam as interações no Facebook sobre o Brasil e EUA, estando sobretudo atentos à circulação de notícias e informações falsas. As situações são avaliadas com recurso a picos de dados sobre determinados assuntos e situações vistas como anómalas.

Além de monitorizar a partilha de informação na sua rede social, o Facebook diz também estar a colaborar com parceiros para ter uma visão mais abrangente de como estas os processos eleitoriais estão a ser vividos nas plataformas digitais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório