Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

"Ficamos a dever a Edmundo Pedro a liberdade que hoje gozamos"

O primeiro-ministro marcou presença, esta segunda-feira, no funeral do histórico socialista Edmundo Pedro que se realiza no cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

"Ficamos a dever a Edmundo Pedro a liberdade que hoje gozamos"
Notícias ao Minuto

16:45 - 29/01/18 por Patrícia Martins Carvalho 

Política António Costa

Nas cerimónias fúnebres de um dos fundadores do Partido Socialista, o líder do partido falou aos jornalistas para dizer que Edmundo Pedro é um “exemplo extraordinário da história do país das últimas décadas”.

António Costa sublinhou que o histórico socialista teve “toda uma vida de combate”, lembrando que passou por várias prisões, entre as quais Aljube, Peniche e Caxias. Edmundo Pedro foi mesmo um dos primeiros presos políticos a estrear o Campo do Tarrafal, em Cabo Verde, onde passou uma década da sua vida.

“Não houve nenhuma tentativa de derrube da ditadura que não tivesse contado com ele”, lembrou o primeiro-ministro, destacando que “ficamos a dever a Edmundo Pedro a liberdade que hoje gozamos”.

“Que mais nenhuma geração em Portugal sofra o que a geração de Edmundo Pedro sofreu para que a liberdade de que hoje gozamos fosse possível”, concluiu António Costa.

A acompanhar o chefe do Governo estava Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, que garantiu que na próxima sexta-feira será feita a devida homenagem ao "histórico combatente pela liberdade".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório