Meteorologia

  • 23 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

"Não foi o Livre que nos trouxe a esta situação em que estamos"

"Quem gosta da atitude que o Livre traz à política não pode deixar de votar", apela o dirigente do partido, em entrevista à RTP 3.

"Não foi o Livre que nos trouxe a esta situação em que estamos"

A propósito do cenário de eleições antecipadas que Portugal vive neste momento, o dirigente do Livre veio reforçar que "não foi o Livre que nos trouxe a esta situação em que estamos". Em entrevista à RTP 3, Rui Tavares apela ainda ao voto de todos os eleitores que gostam "da atitude" do partido.

Quando confrontado com as mais recentes sondagens, que revelam que o Livre deverá ser capaz de eleger para a Assembleia da República, Rui Tavares relembra que "por meio ponto se pode ter um grupo parlamentar, ou nem sequer entrar na Assembleia". Deste modo, lança um apelo: "Quem gosta da atitude que o o Livre traz à política não pode deixar de votar".

"Acho que seria desaproveitar o que o Livre trouxe ao debate se, agora, por causa do voto útil, as pessoas acabassem por não votar no Livre, achando que as sondagens nos dão por eleitos", afirma ainda o candidato, a propósito deste tema.

"Políticas de aposta nos transportes públicos", no "ordenamento do território" e na "regionalização" estão entre as promessas eleitorais feitas pelo dirigente do partido, que pretende que as eleições de 30 de janeiro resultem numa "maioria plural", de esquerda, e da qual o Livre faça parte.

Apelando, uma vez mais, à necessidade de existência de uma "convergência à esquerda", entre todos os partidos que fazem parte desse lado do espetro político, o líder do Livre diz ainda que é preciso existir "uma outra atitude de diálogo e de compromisso na política em Portugal". De acordo com Rui Tavares, o partido pretende fazer parte "da solução".

Já no que toca ao "recuo do PS face à maioria absoluta" e à "aparente maior disponibilidade do Bloco de Esquerda para um diálogo", o historiador realça que preferia que tal não tivesse surgido "ao sabor das sondagens", mas sim "sido assumida desde o início".

Leia Também: Tavares defende "saúde em todas as políticas" e recebe livro de George

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório