Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 5º MÁX 14º

Edição

PS lembra ser maior partido no parlamento. "Responsabilidade acrescida"

O deputado do PS/Açores Francisco César lembrou hoje que o partido é o maior no atual parlamento da região, tendo por isso uma "responsabilidade acrescida" na legislatura que agora arranca, apesar de não ter conseguido formar governo.

PS lembra ser maior partido no parlamento. "Responsabilidade acrescida"
Notícias ao Minuto

19:15 - 24/11/20 por Lusa

Política Açores

Aos jornalistas, o socialista diz que o partido tem agora a responsabilidade de ter postura "firme na divergência" e "competente e decisivo na convergência".

O PS, asseverou ainda Francisco César, terá na atual legislatura a "capacidade de propor, mais do que um partido que está mais preocupado em contrapor e em fazer crítica pela crítica".

O dirigente do PS açoriano lembrou ainda que o partido venceu as eleições no arquipélago tidas há cerca de um mês e tem a obrigação de "dar respostas" aos açorianos que em si depositaram o seu voto.

O novo Governo Regional dos Açores, formado por PSD, CDS e PPM, e liderado pelo social-democrata José Manuel Bolieiro, tomou hoje posse perante a Assembleia Legislativa da região, na cidade da Horta.

A cerimónia arrancou cerca das 15:00 locais (16:00 em Lisboa) e teve como convidados, entre outros, o antigo presidente do Governo Regional Mota Amaral e o chefe do executivo cessante, Vasco Cordeiro.

Na semana passada tomaram já posse os novos 57 deputados eleitos nas eleições regionais de 25 de outubro, tendo também sido eleito o novo presidente da Assembleia Legislativa, o social-democrata Luís Garcia, da ilha do Faial.

Com a entrada em funções, o novo executivo tem agora 10 dias para entregar à Assembleia Legislativa o programa de Governo.

O PS venceu as eleições legislativas regionais, no dia 25 de outubro, mas perdeu a maioria absoluta que detinha há 20 anos, elegendo 25 deputados.

PSD, CDS-PP e PPM, que juntos representam 26 deputados, assinaram um acordo de governação. A coligação assinou ainda um acordo de incidência parlamentar com o Chega e o PSD um acordo de incidência parlamentar com o Iniciativa Liberal (IL).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório