Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 9º MÁX 18º

Edição

PS "disponível para colaborar" na investigação que envolve autarquias

O presidente do PS/Madeira declarou hoje que o partido "está totalmente disponível para colaborar com as autoridades judiciais" na investigação que está em curso pela Polícia Judiciária envolvendo quatro autarquias da região.

PS "disponível para colaborar" na investigação que envolve autarquias
Notícias ao Minuto

14:24 - 08/10/20 por Lusa

Política Madeira

"O PS/Madeira está totalmente disponível para colaborar com as autoridades judiciais no âmbito de uma investigação em curso que tem por base uma denúncia 'online', que remonta a 2018", diz Paulo Cafôfo num comunicado enviado à agência Lusa.

Sem especificar os municípios em causa, o líder dos socialistas madeirenses acrescenta que "o PS/Madeira tudo fará para contribuir para o célere apuramento dos factos em análise".

O dirigente vinca que a "atuação na vida pública do partido assenta nos valores da responsabilidade, ética e transparência e pelo estrito cumprimento da lei, valores democráticos e de cidadania centrais desde a criação do partido, e dos quais não abdica em momento algum".

Também em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje ter realizado diversas buscas a quatro autarquias da Região Autónoma da Madeira, para recolha de elementos de prova no âmbito de um processo-crime.

De acordo com a informação da PJ, o processo-crime, do qual não são adiantados mais pormenores (inclusive as autarquias em causa), corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, e iniciou-se através de "denúncia anónima", efetuada na plataforma da Procuradoria-Geral da República.

As buscas, segundo a nota, foram realizadas através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e do Departamento de Investigação Criminal da Madeira.

Na quarta-feira, a Câmara do Funchal (governada pela coligação Confiança, que reúne PS, BE, PDR e Nós, Cidadãos!) confirmou no portal da autarquia estar a "colaborar com a Polícia Judiciária" numa investigação "em curso a várias entidades", admitindo que os inspetores estiveram nas instalações do município.

A investigação, referiu a autarquia, foi "suscitada por denúncia 'online' que remonta a 2018".

A presidente do município da Ponta do Sol, Célia Pessegueiro (PS), confirmou hoje à Lusa que a PJ esteve também nas instalações do município, na quarta-feira, sem adiantar mais informação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório