Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Vinte partidos concorrem às legislativas pelo círculo de Viana do Castelo

Vinte partidos e movimentos concorrem às eleições legislativas de 6 de outubro pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo, tal como constatou hoje a Lusa, no tribunal da capital do Alto Minho, onde estão afixadas as listas de candidatos.

Vinte partidos concorrem às legislativas pelo círculo de Viana do Castelo

Aqueles partidos e movimentos entregaram até às 18:00 de segunda-feira - data limite fixada pela Comissão Nacional de Eleições - as respetivas listas de candidatos à Assembleia da República, bem como os orçamentos de campanha.

De acordo com as listas hoje consultadas pela agência Lusa na instância central cível da comarca de Viana do Castelo, instalada desde 2016 no Palácio dos Cunhas, antigo Governo Civil do distrito, os 20 partidos ou movimentos são: PS, PSD, CDS-PP, PCP, Bloco de Esquerda, PCTP-MRPP, Aliança, PPM, RIR, Chega, Iniciativa Liberal, PNR, PAN, JPP, PDR, Livre, Partido da Terra, PURP, PTP, Nós Cidadãos.

De acordo com o mapa oficial publicado a 12 de agosto em Diário da República, os 240.942 eleitores do distrito de Viana do Castelo vão eleger seis representantes para a Assembleia da Republica.

Atual ministro da Educação, Desporto e Juventude, Tiago Brandão Rodrigues, 42 anos, investigador científico, volta a encabeçar a lista do PS às legislativas de outubro. Já pelo PSD, Jorge Mendes, 54 anos, economista, até agora presidente da Câmara de Valença, no Alto Minho, é uma estreia nas próximas eleições.

O CDS-PP concorre com o ex-candidato por Lisboa, Anacoreta Correia, advogado de 56 anos. O PCP aposta para a eleição do primeiro deputado pelo Alto Minho, em Jorge Machado, advogado, de 43 anos que, em 2015, concorreu pelo círculo do Porto.

Luís Louro, advogado de 57 anos e um dos fundadores do Bloco de Esquerda em Viana do Castelo, é o cabeça de lista do partido nas próximas eleições.

Ex-dirigente nacional do PSD e da JSD, Jorge Nuno Sá, de 42 anos, lidera a lista da Aliança, partido que integrou em 2018, sendo coordenado da comissão instaladora do partido em Viana do Castelo.

António Botelho, 69 anos, reformado concorre pelo PCTP-MRPP, o Livre apresenta Filipe Faro da Costa de 39 anos, poeta e tradutor literário, o PDR avança com a professora Rute Marlene Araújo e o PURP -Partido Unido dos Reformados e Pensionistas com o inspetor de finanças, já reformado, Armando Silva, de 73 anos.

O fotógrafo profissional Luís Jorge Videira, de 56anos, natural e residente em Viana do Castelo, concorre pelo JPP -Juntos pelo Povo e Bruno Rebelo, de 35 anos, operador de supermercado, natural de Lisboa e residente em Vila do Conde, lidera a lista do PNR por Viana do Castelo.

O Partido da Terra lança o fisioterapeuta do Porto, Telmo Parada, de 26 anos, e o PTP - Partido Trabalhista Português, com o reformado de 70 anos, António Matança, de Penamacor.

O médico de 72 anos, António Baptista, natural de Barcelos e residente no Porto, é o cabeça de lista do Iniciativa Liberal, e Ricardo Arrieira, consultor independente de políticas europeias apresenta-se pelo PAN.

O partido RIR concorre com Vanessa Sá, psicóloga de 25 anos, natural e residente no concelho de Viana do Castelo, o Chega avança o nome de Lopo Amorim, um gestor de 36 anos, de Lisboa e o Nós Cidadãos com Hélder Pena, técnico superior de segunda classe, 48 anos, natural de Angola e residente na capital do Alto Minho.

Já o PPM concorre com o estudante de 18 anos, Hugo Varanda. Natural da freguesia de Amora, no Seixal, e residente em Lisboa, Hugo Varanda perdeu para o PS, em julho, as eleições intercalares na freguesia de Paderne, Melgaço.

As ligações familiares a Paderne estiveram na origem da candidatura de Hugo Duarte, eleito em janeiro presidente da Juventude Monárquica. A lista integrava, em segundo lugar, a mãe do cabeça de lista, Sandra Varanda e, em terceiro, o presidente do PPM, Gonçalo da Câmara Pereira.

As listas foram hoje afixadas no tribunal de Viana do Castelo a quem caberá verificar a regularidade do processo, a autenticidade dos documentos e a elegibilidade dos candidatos, e realizar também o sorteio da ordem em que os partidos vão aparecer nos boletins de voto.

A campanha eleitoral para as eleições para a Assembleia da República irá decorrer entre 22 de setembro e 4 de outubro.

Nas legislativas de 2015 foram eleitos pelo PSD, Carlos Abreu Amorim, Luís Campos Ferreira e Maria Emília Cerqueira, Abel Lima Baptista pelo CDS-PP, Tiago Brandão Rodrigues e José Manuel Vaz Carpinteira, pelo PS.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório