Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

"O mote do PS é 'sejam humildes e vertam lágrimas que o povo gosta'"

O caos que os utentes dos transportes públicos urbanos e suburbanos têm enfrentado diariamente levou o ministro das Infraestruturas e da Habitação a pedir “desculpa” aos portugueses. Para Teresa Morais, estas declarações de Pedro Nuno Santos revelam que “vale mesmo tudo”.

"O mote do PS é 'sejam humildes e vertam lágrimas que o povo gosta'"

O ministro das Infraestruturas e da Habitação pediu “desculpa” aos portugueses pelas supressões nos transportes públicos urbanos e suburbanos com as quais os utentes se têm confrontado.

No debate parlamentar convocado de urgência para sexta-feira, Pedro Nuno Santos garantiu que está em curso um "plano” cujo objetivo é o de “atuar sobre o curto prazo [na CP], isto é, travar a degradação de material circulante através do aumento da capacidade de resposta oficinal da empresa e do recrutamento de trabalhadores para o efeito".

Em reação a estas palavras, a social-democrata Teresa Morais acusou o Governo de “ter destruído os serviços públicos, levado o SNS à miséria, os transportes públicos à rutura e o investimento ao grau zero”.

E “agora”, escreveu no seu perfil de Facebook, “reconhecem o deficiente funcionamento dos serviços e pedem desculpa”.

“Vale mesmo tudo”, lamenta, referindo que “com eleições à vista, o mote da família socialista passou a ser ‘sejam humildes e vertam lágrimas, que o povo gosta’”.

“Vergonha! Tanta vergonha!”, rematou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório