Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

É preciso recordar aos homens a "primeira revolta" contra a República

O presidente do Governo da Madeira salientou que é necessário recordar os homens que lideraram a "primeira revolta contra a ditadura nacional", em 1931, motivada pela discriminação "intolerável" que a região sofreu do Estado durante séculos.

É preciso recordar aos homens a "primeira revolta" contra a República

"Este é um dia que deve levar os madeirenses e porto-santenses a refletir, porque a revolta contra a ditadura nacional foi mais uma afirmação de opção contra a discriminação que a Madeira estava a sofrer e sofreu ao longo de séculos", disse Miguel Albuquerque na cerimónia comemorativa da Revolta da Madeira.

Esta efeméride lembra um levantamento militar contra o governo da ditadura nacional, iniciado na madrugada de 01 de abril de 1931.

Na Madeira, dois meses antes já havia ocorrido a denominada Revolta da Farinha contra medidas económicas e financeiras, nomeadamente um decreto de António Salazar que determinava a centralização estadual do trigo e cereais.

Mas Salazar enviou um contingente militar e naval para a ilha, pondo fim a estes intentos revoltosos.

"Esses homens que participaram neste evento devem ser sempre lembrados e homenageados porque o abandono, a discriminação e o tratamento que a Madeira teve durante séculos foi, de facto, intolerável e foi isso que levou a esta revolta", sublinhou hoje o chefe do executivo madeirense.

Albuquerque vincou que esta "a primeira revolta contra a ditadura nacional foi na Madeira".

"É importante aproveitar esta data para lembrarmos aquela que foi a maior conquista histórica do povo madeirense, que foi a conquista da autonomia política e a necessidade de preservar, defender e alargar essa autonomia", frisou.

Miguel Albuquerque depôs uma coroa de flores no monumento que evoca esta revolta, nos arredores do Funchal, numa cerimónia que contou com a presença de outras entidades regionais

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório