Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

PCP questiona Governo sobre "incidente" no Metro do Porto

Os deputados do PCP na Assembleia da República questionaram hoje o governo sobre um "incidente" ocorrido recentemente no Metro do Porto que levou a empresa a decretar um limite de 50km/h para alguns veículos.

PCP questiona Governo sobre "incidente" no Metro do Porto
Notícias ao Minuto

17:54 - 05/12/18 por Lusa

Política Deputados

Na pergunta dirigida ao Ministério do Planeamento e Infraestruturas, o grupo parlamentar comunista diz que este incidente com um veículo do Metro do Porto aconteceu a 24 de novembro, "mas só seis dias depois, o Conselho de Administração da Metro do Porto informou que, até que se apurem as razões, por precaução, todos os veículos daquela marca terão de circular com velocidade máxima de 50km/h".

Face ao sucedido, o PCP quer saber quais os motivos que levaram a que a Metro do Porto "demorasse quase uma semana a tomar as medidas de precaução que tomou" bem como o tipo de averiguações que estão a ser feitas e para quando os resultados.

O grupo parlamentar do PCP pergunta ainda se "está o Governo em condições de garantir que todos os veículos e outros equipamentos cumprem as regras de segurança e estão sujeitos às inspeções e verificações recomendadas pelos critérios legais e de segurança em vigor".

Questionada pela Lusa sobre a natureza do incidente, a deputada do PCP Diana Ferreira disse desconhecer em concreto o que aconteceu, dado que a informação que chegou ao grupo parlamentar não relatava o incidente mas apenas o referia.

No requerimento, os deputados lembram que o partido tem vindo a denunciar a falta de meios materiais e de condições das composições, assim como, os atrasos e constrangimentos provocados pelos "veículos que estão parados à espera de manutenção por falta de peças".

O PCP reitera ainda a necessidade de reforçar o número de trabalhadores da Metro do Porto, bem como garantir "os seus direitos laborais".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório