Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

"Uma demissão não é a única resposta que precisamos neste caso"

Catarina Martins sublinha que ainda pairam muitas perguntas no ar relativamente ao roubo de armas de Tancos e que os portugueses devem merecer "todas as respostas".

"Uma demissão não é a única resposta que precisamos neste caso"
Notícias ao Minuto

18:09 - 12/10/18 por Fábio Nunes 

Política Catarina Martins

A coordenadora do Bloco de Esquerda reagiu à demissão do ministro da Defesa, Azeredo Lopes. De visita a um centro de refugiados em Lisboa, Catarina Martins começou por dizer que “não há ninguém no país que não perceba a enorme gravidade de todo o caso de roubo de armas de Tancos e de todo o processo até rocambolesco”. Mas a demissão de Azeredo Lopes não dissipa as dúvidas em torno deste caso.

“O Governo parece registar agora as consequências políticas da gravidade deste caso. Nós registamos a retirada de consequências políticas, mas há muitas perguntas sem resposta e julgo que uma demissão não é a única resposta que precisamos neste caso, é preciso compreender o que se passou. Há uma investigação em curso e nós esperamos que o país receba todas as respostas que merece”, referiu.

Esperando que a “justiça faça o seu trabalho” no caso do roubo das armas de Tancos, Catarina Martins descarta a ideia de que esta demissão tenha servido como uma manobra de distração a poucos dias do Orçamento do Estado para 2019 ser apresentado. “Julgo que não teria nenhum sentido”, disse a líder bloquista.

Azeredo Lopes apresentou a demissão como ministro da Defesa na tarde desta sexta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório