Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2018
Tempo
27º
MIN 25º MÁX 29º

Edição

Marcelo e Costa na cimeira CPLP porque é uma "tradição" de Portugal

O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou hoje que Portugal tem a "muito boa tradição" de participar com Presidente e primeiro-ministro nas cimeiras da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e da Conferência Ibero-Americana para evidenciar a sua "especial atenção".

Marcelo e Costa na cimeira CPLP porque é uma "tradição" de Portugal
Notícias ao Minuto

10:21 - 16/07/18 por Lusa

Política Santos Silva

"Nós temos boas práticas de relacionamento institucional dos órgãos de soberania. Compreendemos muito bem, diferentes Governos e diferentes presidentes, como podemos cooperar uns com os outros na promoção da imagem de Portugal e na realização da política externa de Portugal", comentou, em declarações à Lusa, Augusto Santos Silva.

A delegação portuguesa à XII cimeira da CPLP, na próxima terça e na quarta-feira, na ilha do Sal, Cabo Verde, integra o Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa.

Na história das cimeiras da organização lusófona, Portugal fez-se sempre representar pelo chefe de Estado e pelo chefe do Governo, com exceção da reunião de São Tomé e Príncipe, em 2004, quando o então primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, não compareceu porque coincidia com a apresentação do programa de Governo.

"A boa tradição é que o Presidente e o primeiro-ministro estejam, sempre que possível, ambos representados na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e também na Conferência Ibero-Americana, assim marcando a especial atenção que o Estado português dedica a esses dois grandes espaços linguísticos", referiu Santos Silva.

"Acho que é uma muito boa tradição portuguesa", sublinhou.

Já na reunião anual da Assembleia Geral da Nações Unidas, a tradição é que Presidente e primeiro-ministro alternem na chefia da delegação. Nas organizações de natureza mais executiva, como a União Europeia e a NATO, é o primeiro-ministro que chefia a delegação, acrescentou.

Durante a XII conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, com o lema "Cultura, Pessoas e Oceanos", Cabo Verde vai assumir o exercício da presidência desta organização, durante o período de dois anos.

Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste são os Estados-membros da CPLP.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.