Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 23º

Edição

“Em equipa que ganha não se mexe e esta tem sido boa solução governativa"

António Costa foi este sábado o convidado da Quadratura do Círculo, onde falou do futuro das alianças políticas que formam o Governo.

“Em equipa que ganha não se mexe e esta tem sido boa solução governativa"
Notícias ao Minuto

00:06 - 27/05/18 por Natacha Nunes Costa 

Política António Costa

António Costa foi este sábado o convidado da Quadratura do Círculo, programa emitido pela SIC Notícias, do qual já foi comentador, para responder a várias questões no âmbito do 22º Congresso do PS que se realiza este fim de semana na Batalha, distrito de Leiria.

Um dos assuntos debatidos foi a coligação PS, PCP, Bloco de Esquerda que hoje forma o Governo. O moderador do programa, o jornalista Carlos Andrade, questionou o  primeiro-ministro sobre a possibilidade de manter o atual modelo de alianças parlamentos caso o PS ganhe as próximas eleições.

António Costa começou por responder que o Congresso está centrado em discutir outras questões e que o PS fará, mais perto das legislativas, uma convenção específica sobre o programa eleitoral. Contudo, ao ser questionado com a mesma pergunta pela segunda vez, não mostrou problemas em afirmar: “Este não é o momento para falar desses assuntos, mas em equipa que ganha não se mexe e esta tem sido uma boa solução governativa. Provámos que conseguíamos manter-nos na zona Euro ao mesmo tempo que rompemos com a austeridade”.

Afirmações que o comentador António Lobo Xavier refutou. “O modelo tal e qual está é irrepetível. Não é que não possa haver entendimentos entre o PS, o PCP e o Bloco. Pode haver, mas há uma realidade que vai tornar impossível repetir estas circunstâncias. É que desta vez o PS e o António Costa vão ganhar as eleições. Nas últimas eleições, o PS e o António Costa não ganharam as eleições e a Esquerda foi decisiva para que António Costa fosse primeiro-ministro”.

Já o historiador José Pacheco Pereira, assume que a postura do líder do PS quanto à política de alianças está correta e que só no período anterior às eleições é que o PS deve ver “qual a solução que melhor corresponde às expectativas que o PS possa ter dos resultados”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório