Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Tentativa de José Eduardo dos Santos alterar data da saída do MPLA falhou

O comentador político e académico angolano Jonuel Gonçalves considerou hoje à agência Lusa que a tentativa de José Eduardo dos Santos alterar a data limite de saída da direção do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) "falhou".

Tentativa de José Eduardo dos Santos alterar data da saída do MPLA falhou
Notícias ao Minuto

17:30 - 27/04/18 por Lusa

Política Angola

"Cumpre-se o acordo pré-eleitoral elaborado dentro do MPLA: candidatura de João Lourenço à Presidência e permanência de Eduardo dos Santos na chefia do partido apenas em 2018. A tentativa de Eduardo dos Santos em alterar esta data limite falhou", sublinhou o também docente universitário que leciona no Brasil.

Para o também comentador da RDPÁfrica, com a decisão tomada hoje numa reunião do Bureau Político do MPLA, "mantém-se a tradição" de o Presidente da República chefiar também o MPLA "e evita-se o recente modelo cubano" -- a presidência foi entregue ao ex-vice-Presidente, com Raul Castro a dirigir o Partido Comunista Cubano (PCC) por dois anos.

"As articulações das últimas semanas, inclusive a visita de líderes religiosos a Eduardo dos Santos, apontava para o desfecho agora anunciado, bem como as mais recentes mudanças nas Forças Armadas e num dos serviços de inteligência", referiu.

Jonuel Gonçalves, conhecido na RDPÁfrica por José Gonçalves, destacou, por outro lado, que a "grande proximidade" da data do próximo congresso extraordinário do partido no poder em Angola é "testemunho da importância das eleições autárquicas".

Hoje, em Luanda, o MPLA aprovou a realização de um congresso extraordinário na primeira quinzena de setembro deste ano e a candidatura de João Lourenço ao cargo de presidente do partido, ocupado desde 1979 por José Eduardo dos Santos.

"O bureau político aprovou a proposta de resolução e o cronograma de preparação e realização do 6.º Congresso Extraordinário do partido, a ter lugar na primeira quinzena de setembro próximo e, consequentemente, aprovou a candidatura do camarada João Lourenço, atual vice-presidente, ao cargo de presidente do MPLA", lê-se no comunicado daquele órgão partidário.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório