Meteorologia

  • 07 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

PJ identificou autor das cartas à embaixada ucraniana em Lisboa

Os envelopes continham vestígios de sangue animal, à semelhança das cartas detetadas noutras embaixadas pela Europa.

PJ identificou autor das cartas à embaixada ucraniana em Lisboa
Notícias ao Minuto

21:01 - 07/12/22 por Notícias ao Minuto

País Embaixadas Ucranianas

A Polícia Judiciária (PJ) conseguiu identificar o autor das duas cartas suspeitas enviadas à embaixada da Ucrânia em Lisboa, que foram intercetadas na segunda-feira por conterem materiais químicos - à semelhança do que aconteceu numa série de embaixadas ucranianas e entidades estatais, especialmente em Espanha.

Segundo avançou esta quarta-feira a CNN Portugal e a TVI, as análises aos envelopes e ao conteúdo das cartas permitiram a deteção de vestígios de sangue animal e olhos de animais. Os vestígios fazem parte da 'assinatura' que tem sido replicada nos pacotes entregues em embaixadas e consulados ucranianos em vários países europeus.

Sabe-se através da Unidade de Contraterrorismo da PJ que o remetente das cartas identificou-se como Tesla, a empresa norte-americana detida pelo bilionário Elon Musk. Segundo as autoridades, o objetivo seria o de denegrir a imagem da empresa de carros elétricos.

As análises aos envelopes foram levadas a cabo pelo Instituto Ricardo Jorge e pelo Laboratório de Polícia Científica.

De recordar que, na semana passada, vários locais em Espanha receberam uma série de cartas com engenhos explosivos e pirotécnicos, com o primeiro, na embaixada ucraniana em Madrid, a deixar um funcionário ferido. Outra das embalagens foi endereçada ao primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez.

Em Lisboa, chegaram na segunda-feira envelopes a embaixada da Ucrânia com um "cheiro específico", contaram os funcionários à CNN Portugal. Apesar de receios de que os envelopes poderiam conter materiais pirotécnicos, os mecanismos implementados pelas autoridades e pelo governo ucraniano, após as cartas da semana anterior, permitiram detetar a ausência de ameaças no correio.

A PJ estará a coordenar a investigação ao envio destas cartas com outras autoridades judiciárias internacionais.

Leia Também: Tesla na Alemanha? Pacotes recebidos nas embaixadas com "mesmo remetente"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório