Meteorologia

  • 16 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 26º

Conselho de Ministros recolhe equipamentos eléctricos e ajuda associação

Os equipamentos foram recolhidos durante a campanha 'Electrão Empresas' e ajudou a associação 'A Candeia'.

Conselho de Ministros recolhe equipamentos eléctricos e ajuda associação

Mais de 10 toneladas de equipamentos eléctricos usados foram recolhidas nos cinco edifícios da Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros (SGPCM), no âmbito de uma campanha promovida em colaboração com o Electrão (Associação de Gestão de Resíduos), que decorreu ao longo de 8 meses.

A SGPCM foi uma das instituições que aderiu à campanha 'Electrão Empresas' uma iniciativa em que o Electrão desafia empresas e outras entidades a colaborar em campanhas de sensibilização e recolha de pilhas e equipamentos eléctricos usados, disponibilizando acondicionamento e recolha destes aparelhos.

Esta campanha alia a componente ambiental de proteção do planeta à vertente social na medida em os resíduos recolhidos são devolvidos à comunidade em apoio social. Assim no contexto desta iniciativa, cada tonelada recolhida é convertida em 100 euros e o montante global é entregue a instituições de solidariedade social indicadas pelo parceiro ou aderente.

Neste caso, os 10.572 quilos de equipamentos recolhidos nos edifícios da SGPCM, entre junho de 2021 e janeiro de 2022, foram convertidos em 1.057 euros, que serão atribuídos à associação 'A Candeia', escolhida pela SGPCM.

A campanha reuniu aparelhos fora de uso dos vários edifícios da SGPCM, mas também outros equipamentos eléctricos usados que foram entregues pelos colaboradores.

A associação 'A Candeia' dedica-se ao acompanhamento e formação de crianças e jovens que vivem em instituições e conta com um grupo de voluntários. A sua missão é animar crianças e jovens que vivem em instituições, motivando-os a lutar por um futuro melhor.

Com este tipo de campanhas, o Electrão pode aumentar a rede de locais de recolha à disposição do cidadão, as quantidades recolhidas e, consequentemente, as taxas de reciclagem, promovendo, ao mesmo tempo, uma maior sensibilização para o correto encaminhamento para reciclagem de pilhas e equipamentos eléctricos usados.

Em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, Pedro Nazareth, CEO do Electrão diz que “aliar a proteção do ambiente e da saúde humana a uma causa social é tornar uma campanha ainda mais nobre". Já o Secretário-Geral da Presidência do Conselho de Ministros, David Xavier, revela que "é com muita satisfação que a Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros se associa à Rede Electrão, que tem vindo a impulsionar o aumento da reciclagem de equipamentos eléctricos e electrónicos em fim de vida nesta Secretaria-Geral".

O presidente da 'Candeia', Miguel Simões Correia, destaca ainda que “da Relação nasce a Luz. A nossa Missão é levar Luz às nossas crianças e jovens de várias formas, sobretudo através de atividades, todos os fins de semana, e vários campos, no Verão", algo que só é possível graças "à generosidade de entidades como a SGPCM e a Rede Electrão”.

Leia Também: Ambientalistas fazem retrato de falhanço português em todos os resíduos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório