Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 8º MÁX 17º

Santo Tirso. 11 condenados por lenocínio e branqueamento de capitais

Onze pessoas foram condenadas a penas suspensas e multas num caso de lenocínio e branqueamento de capitais relacionado com a exploração de um estabelecimento noturno de Santo Tirso, informou hoje o SEF, que investigou o caso.

Santo Tirso. 11 condenados por lenocínio e branqueamento de capitais

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) explica que as condenações, determinadas por um tribunal coletivo, "decorrem da exploração de um estabelecimento de diversão noturna (...) conotado com a prática do alterne e da prostituição".

Acrescenta, citando o acórdão, que os juízes determinaram o pagamento ao Estado de mais de meio milhão de euros, "quantia sinalizada como decorrente de vantagem ilícita obtida através da exploração do estabelecimento".

Quatro dos arguidos foram condenados por crimes de lenocínio, branqueamento e posse de arma proibida, entre os anos de 2014 e 2016.

Os restantes sete foram associados a lenocínio em regime de cumplicidade.

O imóvel onde funcionou o prostíbulo encontra-se selado desde abril de 2015, precisou o SEF.

Leia Também: PGR confirmou buscas da PJ na Câmara de Santo Tirso

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório