Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Governo aprovou por via eletrónica o levantamento da cerca sanitária

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, António Costa, em Odemira.

Governo aprovou por via eletrónica o levantamento da cerca sanitária

O Conselho de Ministros informa, em comunicado enviado às redações, que aprovou esta terça-feira, "por via eletrónica", a resolução que "procede ao levantamento da cerca sanitária atualmente aplicável nas freguesias de São Teotónio e Longueira/Almograve, município de Odemira".

"Atendendo à evolução positiva da situação epidemiológica verificada naquelas freguesias", tal como também destacou o primeiro-ministro esta tarde em Odemira,  e que se deveu, sublinha o comunicado, "em grande medida" à implementação de mecanismos para "a mitigação das dificuldades que o elevado grau de mobilidade e as dinâmicas próprias daquela zona geográfica criavam à propagação do vírus SARS-CoV-2", as restrições em vigor serão levantadas.

Decidiu, assim o Governo "alterar as medidas de restrição da circulação que estavam em vigor desde 30 de abril".
 
O fim da cerca sanitária, sublinhe-se, entra em vigor às "00h do dia 12 de maio", ou seja, esta quarta-feira.

Ainda antes das declarações de António Costa em Odemira, já o Presidente da República em Melgaço, distrito de Viana do Castelo, em declarações aos jornalistas avançou que já tinha sido "informado, pelo primeiro ministro, de que seria levantada a cerca sanitária. No imediato. Hoje mesmo".

As freguesias de Longueira-Almograve e São Teotónio, no concelho de Odemira, estão em cerca sanitária desde 30 de abril por causa da elevada incidência de covid-19 entre os imigrantes que trabalham na agricultura na região.

Leia Também: Costa confirma: Cerca em Odemira vai ser levantada a partir das 24 horas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório