Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Marcelo nomeia médica para presidir às comemorações do 10 de Junho

O Presidente da República nomeou a médica Carmo Caldeira, diretora do serviço de cirurgia do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, para presidir às comissão organizadora das comemorações do 10 de Junho deste ano.

Marcelo nomeia médica para presidir às comemorações do 10 de Junho

Esta escolha foi hoje divulgada através de uma nota no sítio oficial da Presidência da República na Internet, na qual se lê que "neste tempo de pandemia" de covid-19, Marcelo Rebelo de Sousa quis assim "também homenagear os profissionais de saúde".

Maria do Carmo Gama Caldeira irá presidir à comissão organizadora das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que neste ano "se realizarão dia 10 de junho no Funchal e, depois, em Bruxelas, junto da comunidade portuguesa na Bélgica", refere-se na mesma nota.

De acordo com o despacho do Presidente da República, o almirante António Silva Ribeiro, chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, e os seus chefes da Casa Civil, Fernando Frutuoso de Melo, e da Casa Militar, o vice-almirante João de Sousa Pereira, são outros dos elementos da comissão organizadora do 10 de Junho.

Em 2020, devido à pandemia da covid-19, o chefe de Estado cancelou as comemorações do 10 de Junho que estavam previstas para a Madeira e a África do Sul e optou por assinalar a data com uma "cerimónia simbólica" no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, apenas com os dois oradores e seis convidados.

Bruxelas é a sede de várias instituições europeias e no primeiro semestre deste ano, até 30 de junho, Portugal exerce a presidência rotativa do Conselho da União Europeia.

No início do seu primeiro mandato, Marcelo Rebelo de Sousa lançou com o primeiro-ministro, António Costa, um modelo original de celebração do Dia de Portugal, com cerimónias em território nacional e junto de comunidades emigrantes no estrangeiro em que ambos participam.

Em 2016, as comemorações realizaram-se em Lisboa e Paris, em 2017 começaram no Porto e prosseguiram no Rio de Janeiro e em São Paulo, no Brasil, em 2018 foram entre Ponta Delgada, nos Açores, e a Costa Leste dos Estados Unidos da América, e em 2019 tiveram início em Portalegre e terminaram em Cabo Verde, na Praia e no Mindelo.

Leia Também: AO MINUTO: Incidência sobe em Espanha. Vacina nas farmácias "não é opção"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório