Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 4º MÁX 14º

Edição

'Pão e Água'. Esperadas "milhares de pessoas" em protesto à frente da AR

O movimento vai manifestar-se contra as medidas "desmedidas, desproporcionais e injustas" impostas pelo decreto do Estado de Emergência.

'Pão e Água'. Esperadas "milhares de pessoas" em protesto à frente da AR

O movimento cívico independente 'Sobreviver a Pão e Água' vai realizar, esta quarta-feira, uma manifestação de caráter nacional em frente à Assembleia da República, em Lisboa. 

Com hora de início marcada para as 15h30, a organização revela, em comunicado, que são esperados na capital "mais de 40 autocarros, provenientes de todos os pontos do país, que irão ajudar a transportar parte das várias milhares de pessoas que se esperam presentes".

"Ao final da manhã de hoje, parte dos autocarros irão juntar-se em Fátima, seguindo posteriormente para Lisboa, rumo à Assembleia da República", esclarece o movimento, acrescentando que ainda se encontra a aguardar "informações das autoridades, relativamente ao local de paragem em Lisboa".

Em nome dos setores "do comércio, cultura, eventos, hotelaria, restauração e todos os fornecedores diretos", a manifestação desta tarde tem como principal objetivo exigir ao Governo: apoios financeiros a fundo perdido "de forma a minimizar prejuízos acumulados para todos os sectores e seus fornecedores"; uma "compensação à restauração e comércio pela redução de horário" e a "reposição de horário de funcionamento de restaurantes, bares e comércio local para evitar aglomerações".

"Os números não mentem: são meses de encargos sem perspectivas de futuro, apoios ou diálogo. Comprometemos a nossa própria sobrevivência para proteger o país de uma pandemia de que nada se sabia. Suportámos uma crise de todos, respeitando sempre as regras. Agora, estamos no limite. Somos contribuintes e beneficiários", justifica ainda o movimento.

'Sobreviver a Pão e Água' caracteriza-se como um movimento de "âmbito nacional, positivo e aberto a todos os que estão a sofrer com medidas desmedidas, desproporcionais e injustas, e que de variadíssimas formas estão a ser fortemente afetados pela situação atual, em virtude do regime do novo estado de emergência".

Leia Também: Movimento Pão e Água exige 16 medidas ao Governo e prepara protesto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório