Meteorologia

  • 19 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Quase dois milhões de cigarros apreendidos e oito detidos

Operação foi levada a cabo durante uma semana nas zonas de Lisboa e Setúbal e permitiu a detenção de oito homens que são suspeitos da prática dos crimes de contrabando qualificado, introdução fraudulenta no consumo qualificada, associação criminosa, fraude fiscal, posse de arma proibida e tráfico de estupefacientes.

Quase dois milhões de cigarros apreendidos e oito detidos

A GNR desencadeou uma operação dirigida ao combate ao contrabando de tabaco nas zonas de Lisboa e Setúbal. A mesma, a que foi dado o nome de Last Smoke, foi levada a cabo entre os dias 12 e 18 de junho e permitiu a detenção de oito homens, com idades compreendidas entre os 33 e os 67 anos, e de nacionalidades portuguesa e espanhola.

Em comunicado, a GNR explica que a operação visou “desmantelar uma rede criminosa internacional que, de forma dissimulada e fraudulenta, se dedicava à introdução de produtos de tabaco em território nacional, que depois distribuía para comercialização ilícita nos distritos de Lisboa e Setúbal”.

Os 50 militares da GNR empenhados na operação – que contou com a colaboração da PSP – apreenderam ainda 339.300 cigarros de várias marcas, 49 quilogramas de folha de tabaco, 33.865 euros, 3.704 doses de haxixe, 11 veículos, um taser, uma pistola de calibre 6,35mm, uma arma de arremesso e diversos artigos para triturar, acondicionar e embalar as folhas de tabaco.

A este produto apreendido soma-se aquele que as autoridades já tinham em sua posse, pois a operação foi desencadeada no âmbito de uma “investigação que já decorria há cerca de um ano, e ao longo da qual foram detidos um total de 13 suspeitos, apreendidos cerca de 1690 quilos de folha tabaco (que dariam para produzir na ordem de 1 milhão e 690 mil cigarros) e 538 mil cigarros manufaturados que, se tivessem sido introduzidos no consumo, se traduziriam numa vantagem patrimonial ilegítima de cerca de 471 mil euros”.

De referir ainda que um dos detidos foi já reencaminhado para o Estabelecimento Prisional de Lisboa, uma vez que sobre ele recaía um mandado de detenção para cumprimento de uma pena de 7 anos e meio de prisão efetiva.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório