Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Recolhidas 4.800 beatas numa área de apenas um quilómetro em Lisboa

No Dia Internacional da Biodiversidade, alunos e funcionários do ISCTE, trabalhadores da Câmara Municipal de Lisboa e uma mergulhadora juntaram-se numa iniciativa amiga do ambiente.

Recolhidas 4.800 beatas numa área de apenas um quilómetro em Lisboa

Esta quarta-feira, dia 22 de maio, assinala-se o Dia Internacional da Biodiversidade e para contribuir para a preservação da mesma, a mergulhadora e fundadora do projeto ‘Quando +1 é = a 1’, Sónia Sousa Ell, aliou-se a vários alunos e funcionários do ISCTE, assim como à Câmara Municipal de Lisboa (CML) e juntos arregaçaram mangas para pôr, literalmente, as mãos nas beatas.

Num percurso de sensivelmente 1km, entre o ISCTE e as instalações da CML em Entrecampos, o grupo apanhou 15 litros de beatas, o que significa, segundo Sónia, cerca de 4800 unidades.

A recolha desta tarde permitiu ao Gabinete de Sustentabilidade do ISCTE, com base nas informações da autarquia, chegar a um número assustador.

“Extrapolando para o total de arruamentos de Lisboa, estimamos que o número de beatas que se pode encontrar no solo da cidade seja de 81 milhões”, revelou Sónia ao Notícias ao Minuto.

A seguir, a 'Missão Beatão' levou as beatas para valorização energética para a zona de Abrantes.

Além de ajudar a limpar as beatas de Lisboa, o objetivo desta iniciativa é sensibilizar os cidadãos de forma a diminuir a tendência vulgarizada de deitar beatas para o chão, demonstrando os perigos, a jusante, para a saúde pública e para a sociedade, quando chegam ao mar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório