Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Gaza: Sobe para 40 número de mortos em protestos

Dois palestinianos morreram na sequência dos ferimentos sofridos por disparos de soldados israelitas nos protestos junto à fronteira, anunciou hoje o Ministério da Saúde na Faixa de Gaza. São já 40 o número de palestinianos mortos em protestos, desde março.

Gaza: Sobe para 40 número de mortos em protestos
Notícias ao Minuto

11:31 - 23/04/18 por Lusa

Mundo Conflito

Estas mortes elevam para 40 o número de palestinianos mortos desde o início do movimento de contestação 'marcha do retorno', a 30 março, segundo uma contabilização realizada pela agência France-Presse.

A maioria morreu por tiros de soldados junto à fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, e alguns foram mortos em ataques da artilharia ou da aviação israelita.

Abdullah Chamali, de 20 anos, morreu após ficar gravemente ferido na sexta-feira em confrontos entre manifestantes e soldados israelitas, disse o Ministério da Saúde de Gaza.

Tahrir Wahada, de 18 anos, não resistiu ao ferimento com uma bala na cabeça a 06 de abril a este de Khan Younès, no sul do território, acrescentou o ministério.

Dezenas de milhares de palestinianos na Faixa de Gaza, enclave situado entre Israel, Egito e o Mediterrâneo, têm-se manifestado desde 30 de março junto à fronteira com Israel para reivindicar o direito dos palestinianos a regressarem às terras de onde foram obrigados a sair ou de onde fugiram após a criação de Israel em 1948.

Denunciam também o bloqueio imposto há dez anos por Israel para conter o movimento islamita Hamas que governa o território.

Os protestos da 'marcha do retorno' deverão continuar até 15 de maio, aniversário da criação de Israel, designado pelos palestinianos como a 'Nakba' (catástrofe).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório