Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Trump admite fase "muito dura" se sanções a Pyongyang "não funcionarem"

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje que, se as sanções aplicadas à Coreia do Norte "não funcionarem", passará "para a fase dois", o que "pode ser muito duro".

Trump admite fase "muito dura" se sanções a Pyongyang "não funcionarem"
Notícias ao Minuto

22:26 - 23/02/18 por Lusa

Mundo Coreia do Norte

"Se as sanções não funcionarem, teremos de passar à fase dois, o que pode ser muito duro", disse Trump, numa conferência de imprensa com o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, após uma reunião que tiveram na Casa Branca.

O Presidente disse ainda que, se esse cenário fosse alcançado, "seria muito, muito infeliz, para o mundo".

No entanto, Trump acrescentou: "Eu acho que não vou usar exatamente essa carta".

O Governo norte-americano deu mais um passo na pressão e no isolamento da Coreia do Norte, ao anunciar o que chamou de "grande pacote" às sanções económicas contra Pyongyang, centradas em 27 companhias de navegação e 28 navios que negociam com o regime norte-coreano.

A lista completa de países onde esses navios ou empresas alvo do de sanções pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos inclui os seguintes Estados ou Territórios: Coreia do Norte, China, Singapura, Taiwan, Hong Kong, Ilhas Marshall, Panamá, Tanzânia e Ilhas Comores, segundo a agência notiociosa Efe.

Num encontro hoje de manhã com jornalistas, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, explicou que estas sanções "atacam agressivamente todas as rotas ilícitas utilizadas pela Coreia do Norte para evitar as sanções, incluindo medidas decisivas para impedir navios, companhias de navegação e outras entidades, que trabalham para o regime norte-coreano".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório